Mostrando postagens com marcador Assembleia Legislativa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Assembleia Legislativa. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 24 de março de 2022

Flávio Dino teria negociado suplência de senador, vice-governadoria e até vaga no TCE para Othelino


Os cenários finais do governo Flávio Dino (PSB) mostram um chefe do Executivo disposto a negociar o máximo possível para ter aliados do senador Weverton Rocha (PDT) sob seu controle político.

As tentativas de cooptação de aliados do pedetista, em favor do seu pupilo, o vice-governador Carlos Brandão (PSDB, de ida para o PSB), vão além da imaginação. O pano de fundo é a disputa para o Governo do Maranhão.

O alvo do momento é mesmo o presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Othelino Neto, que ameaçou deixar o PCdoB pelo PDT, apoiar Weverton e mudou radicalmente de rumo nos últimos dias.

Ao que parece Othelino teria até sido escalado para convencer o senador pedetista a mudar de ideia e desistir de sua pré-candidatura ao Palácio dos Leões. Porém, até agora, mesmo acuado Othelino resiste em apoiar Weverton, mas não se sabe até quando, mediante os constantes assédios políticos do governador em fim de mandato.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022

Ex-mulher retira sobrenome do Deputado e é novamente nomeada na AL-MA


Hoje separados oficialmente, a ex-mulher do deputado Leonardo Sá, do PL, foi novamente nomeada na Assembleia Legislativa do Maranhão (AL-MA).

A ex-pupila do deputado havia sido nomeada para cargo de R$ 17 mil em outubro de 2021.

Cristine Belloti, mãe dos três filhos do médico, foi exonerada no último dia 1 de fevereiro depois de garfar R$ 52 mil como funcionária fantasma do parlamento (reveja).

Exatos 15 de depois da tal ‘exoneração’, a reportagem do Blog do Maldine Vieira apurou que Cristine foi novamente contemplada com cargo no legislativo.

Desta vez, chamou atenção do titular do blog a retirada do sobrenome do deputado.

De acordo com publicação do Diário Oficial, Cristiane deixou de usar o sobrenome Pires de Sá, passando assinar agora o nome de Cristine Belloti Santos.

Segundo apurou a reportagem, os pagamentos à Cristiane via assembleia legislativa é referente ao pagamento de pensão ao filho caçula do ex-casal.

Perante a lei, conforme alguns advogados da área ouvidos pelo blog, o método encontrado pelo médico para pagamento da pensão é absolutamente ilegal, podendo inclusive acarretar ação judicial.

Veja abaixo a nomeação.


sexta-feira, 11 de fevereiro de 2022

Confusão entre Adelmo Soares e Duarte Jr. pela liderança do bloco governista


Os bastidores estão fervendo pela indicação do líder do bloco governista que está sendo formado na Assembleia Legislativa.

Com o rearranjo das forças na casa Legislativa do Maranhão, o deputado Adelmo Soares já estava há alguns dias colhendo assinaturas dos colegas para ser o novo líder do bloco e vinha tendo sucesso.

Porém, um novo interessado tomou à frente e foi direto ao governador que assumirá a partir de abril. Duarte Júnior esteve ontem na casa de Brandão e exigiu que ele fosse o líder do bloco para ganhar destaque nas discussões.

Adelmo ficou furioso com o intento de Duarte e ligou para o atual líder, Rafael (ex-Leitoa) e disse que não seria justo ser atropelado agora depois de ter construído a indicação por vários dias.

A confusão está grande pela indicação.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2022

Brandão vai precisar de habilidade política na Assembleia


O vice-governador Carlos Brandão (PSB) precisará de habilidade política e “jogo de cintura” para conseguir aprovar matérias de seu interesse na Assembleia Legislativa a partir do mês de abril, quando assume o cargo e governador em definitivo.

O PDT, partido do senador Weverton Rocha conseguiu articular junto com o PL, de Josimar de Maranhãozinho, o maior bloco parlamentar da Casa e ocupar o comando de algumas das principais comissões técnicas, a exemplo da CCJ.

Em entrevista coletiva na manhã de ontem, o presidente do Legislativo, deputado Othelino Neto (PDT) foi sutil ao afirmar que a tendência é de haver um “tensionamento” na Casa, durante a gestão Carlos Brandão.

O presidente eleito da CCJ, Márcio Honaiser (PDT), já havia sugerido que apenas num primeiro momento não deve ocorrer um embate mais ríspido entre o Palácio dos Leões e a oposição. Nas entrelinhas, contudo, não descartou uma eventual crise política.

O grupo do governador Flávio Dino (PSB) rachou e vai dividido para a eleição do mês de outubro deste ano. Uma ala, orientada pelo próprio Dino, apoia a pré-candidatura de Carlos Brandão.

Outra ala defende a pré-candidatura de Weverton Rocha. Aí estão inseridos Othelino Neto e a senadora Eliziane Gama (Cidadania), por exemplo.

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2022

Bloco composto pelo PDT deve fazer oposição a Brandão na Assembléia


O deputado estadual Glalbert Cutrim informou que Bloco Parlamentar Democrático, que se tornou o maior na Assembleia Legislativa após a chegada do PDT, não fará oposição ao governador Flávio Dino (PSB), mas a situação pode mudar assim que o vice Carlos Brandão (PSDB) assumir o comando do executivo.

“Não faremos oposição ao governador Flávio Dino, mas, o Brandão assumindo, teremos outra postura. Não de brigar ou esculhambar, mas de ter um diálogo e fazer as devidas discussões dos assuntos que vierem para cá encaminhados por ele e também das discussões politicas que são naturais”, pontuou o vice-presidente da Assembleia.

No retorno dos trabalhos no parlamento estadual, o PDT passou a integrar o Bloco Parlamentar Democrático, tornando-se assim o maior bloco na assembleia. Dessa forma, o grupo é composto, além do PDT, pelo Republicanos, PL, PRTB, PTB, PSL, PMN, PTC e o PSDB, somando um total de 19 deputados estaduais.

sábado, 8 de janeiro de 2022

Deputada Mical Damasceno está proibida de entrar na Assembleia Legislativa


Por conta de não ter vacinado contra o Coronavírus, a deputada estadual Mical Damasceno (PTB) está proibida de entrar nas dependências da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão (ALEMA) e até adentrar em seu gabinete.

A restrição começou a ser válida nesta quarta-feira (06) após o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto, divulgar o teor da Resolução Administrativa nº 076/2022, que dispõe sobre protocolo administrativo e sanitários visando a prevenção e o combate à Covid-19 e as síndromes gripais no âmbito da ALEMA.

De acordo com a resolução, será obrigatório o uso de máscaras, apresentação do comprovante de vacinação, com o ciclo das duas doses concluídos, entre outras precauções para ingresso nas instalações da Assembleia Legislativa.

Conforme a resolução, durante o período de 10 a 31 de janeiro do corrente ano os serviços e atividades presenciais na Assembleia Legislativa serão realizados na forma de revezamento de servidores conforme a necessidade de cada setor, obedecendo as normas estabelecidas na resolução.

– “Não estou a fim de me vacinar”

Por meio de ligação telefônica, nesta sexta-feira (07), a deputada Mical informou ainda não ter se vacinado contra o Coronavírus e disse, ainda, desconhecer a Resolução Administrativa nº 076/2022 de autoria da Mesa Diretora da Assembleia.

“Vou procurar saber, mas até agora não vacinei e desconheço a Resolução Administrativa que proíbe entrada de não vacinados na Assembleia”, disse a parlamentar ao titular do Blog.

Em julho do ano passado, a mesma deputada afirmou durante entrevista na rádio Nova FM (93.1 Mhz) em São Luís que não vai tomar vacina contra a doença, mas que essa era uma decisão que respondia por ela e não pelos outros.

‘Não estou preparada psicologicamente para tomar vacina. [É uma] questão minha que não estou querendo me vacinar. Seu estou incentivando que bom! Mas eu respondo por mim e não respondo pelos outros’, revelou a parlamentar.

sexta-feira, 7 de janeiro de 2022

Ex-mulher de deputado já embolsou R$ 39 mil como funcionária fantasma na AL-MA


A ex-mulher do médico e deputado Leonardo Sá, do PL, já embolsou a bagatela de R$ 39 mil dos cofres da Assembleia Legislativa do Maranhão (AL-MA).

De acordo informações do quadro de servidores da Casa, Cristina Belloti Pires de Sá recebe desde outubro de 2021 o salário liquido de R$ 13 mil.

Além de ex-mulher, Cristine Belloti é mãe dos três filhos do médico.

Segundo apurou reportagem do blog, a nomeação da ex-amada é usada como forma de pagamento de pensão, o que é absolutamente ilegal perante a lei.

A relação entre Leonardo Sá e a família da ex, no entanto, vai muito além da nomeação.

Conforme publicado por este blog, o parlamentar é suspeito de usar o ex-cunhado, irmão de Cristiane, como ‘teste de ferro’ em negócios obscuros que envolvem uma empresa de fachada.

Contratos da empresa com o governo do Estado seriam, inclusive, responsáveis pela debandada do médico ao grupo do vice-governador Carlos Brandão.

Leonardo integrava a linha de frente do grupo do deputado federal e presidente PL Josimar Maranhãozinho, que é pré-candidato ao governo.

Se não bastasse a relação perigosa que envolve ‘negócios e negociatas’ com o governo, Leonardo ainda possui problemas com a agiotagem.

Também já publicado por este blog, o deputado anda se escondendo para não pagar uma divida de R$ 400 mil adquirida em sua campanha fracassada à prefeitura de Pinheiro em 2020.

Embora com diversos problemas para administrar, o médico encontra refúgio em seu novo amor, uma médica de apenas 25 anos.

Com informações do Blog Maldine Vieira

segunda-feira, 18 de outubro de 2021

Doador de campanha de Othelino Neto tem salário de R$ 32 mil na Assembleia Legislativa


Um levantamento realizada pelo Blog junto ao Sistema de Divulgação de Candidaturas e de Prestação de Contas Eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), apurou alguns fatos até então desconhecidos sobre a campanha do deputado e atual presidente da assembleia legislativa Othelino Nova Alves Neto, do PCdoB.

O que mais chamou atenção do titular deste blog foi o ranking de doadores de campanha.

Ocupando a 4ª colocação, consta o nome do economista e bacharel em direito Bráulio Nunes de Souza Martins, com doação no valor de R$ 25 mil. O montante foi repassado via transferência eletrônica.


Bráulio Martins fez doação de R$ 25 mil à campanha de Othelino Neto.

Até aí tudo bem. Ocorre, que de acordo com o quadro de servidores do legislativo estadual, o economista ocupa o cargo de diretor geral da Mesa, e tem salário de nada mais nada menos que R$ 32 mil.

O ‘supersalário’ é maior que dos próprios deputados, que possuem remuneração em torno de R$ 25 mil, e supera até mesmo do governador Flávio Dino.

A doação é referente a campanha eleitoral de 2018, quando Othelino Neto já exercia o cargo de presidente e pleiteava o terceiro mandato de deputado.


O nome de Bráulio Martins chegou ocupar páginas de noticias em 2020, quando setores da imprensa denunciaram um escândalo de ‘supersalário’ no legislativo. À época, foram identificados salário que, sabe-se lá como, chegavam a casa dos R$ 57 mil.

O que ninguém sabia, talvez, é que o mesmo dono de um desses supersalários havia dado uma ‘ajudinha’ a campanha do chefe.

Além do economista, outros funcionários que também ocupam cargo do alto escalão fizeram doações a campanha de Othelino Neto. Mas, este e outros assuntos serão abordados nas próximas matérias.

Por Maldine Vieira

quinta-feira, 14 de outubro de 2021

Josimar deve reforçar oposição a Flávio Dino na AL


O governo de Flávio Dino (PSB) deverá ter, a partir da sessão de hoje na Assembleia Legislativa, sete deputados compondo oposição na Casa. Até antes da operação Maranhão Nostrum, do Ministério Público Estadual, o Palácio dos Leões – desde 2015 – na verdade tinha de fato seis parlamentares no campo opositor a Dino. Em 2018, reduziu pela metade.Por divergências com Josimar de Maranhãozinho (PL), governador vai ter oposição maior no Legislativo Municipal.

Desde o fim de setembro, que o presidente estadual do PL e deputado federal Josimar de Maranhãozinho vem ensaiando sua saída do grupo governista.Por ser pré-candidato ao governo do Maranhão e perceber que não se encaixa entre os nomes de pré-candidatos palacianos, Maranhãozinho já indicava o desembarque do grupo de Flávio Dino.

Com a operação Maranhão Nostrum, que ocorreu dia 2 deste mês e teve Josimar e aliados como alvo, o presidente do PL decidiu assumir a postura mais clara de atacar o governo de Flávio Dino.

Com a narrativa de que a operação do Ministério Público teve motivação política, Maranhãozinho vem criticando os índices sociais e econômicos do governo maranhense e criticou o governador Flávio Dino no episódio do discurso do socialista em Chapadinha contra a prefeita da cidade, Belezinha (PL).

Esta postura de Josimar de Maranhãozinho deverá ser repetida pelos quatro deputados estaduais do PL na Assembleia Legislativa.A esposa do deputado federal, Detinha, Vinícius Louro, Leonardo Sá e Hélio Soares deverão mudar o tom em relação ao Palácio dos Leões.

Vinícius Louro já até iniciou na semana passada quando foi a tribuna da Casa criticar a operação do MP junto com a Polícia Civil.

O que me chama a atenção, senhores deputados, é que, depois desses dois grandes eventos, depois do crescimento do deputado federal Josimar de Maranhãozinho ao Governo do Estado do Maranhão, acontece essa operação.O que eu entendo é que um deputado estadual para se ter uma ordem expedida para invadir a sua residência tem que ser por meio do Tribunal de Justiça, um deputado federal para ter uma ordem pra invadir a sua residência tem que ser por meio do Supremo Tribunal.E ali entraram por meio de um juiz singular”, disse o parlamentar.

Reunião

Sobre a posição da bancada do PL na Assembleia Legislativa, que já faz parte de um bloco junto com o Republicano, o deputado federal Josimar de Maranhãozinho disse a O Estado que vai reunir hoje com os quatro deputados para bater o martelo sobre a posição a ser adotada.

Ainda segundo ele, o encaminhamento do PL é exatamente de se tornar oposição ao governo Flávio Dino.

sábado, 18 de setembro de 2021

Marco Aurélio diz que César Pires é político em fim de carreira


Debate acalorado entre os deputados estaduais César Pires (PV) e o deputado Marco Aurélio (PCdoB) nesta semana no Plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão.

Enquanto Marco – que é governista – usava a tribuna para sair em defesa do secretário de Estado da Infraestrutura Clayton Noleto que tinha sido alvo de denúncia César, o oposicionista pediu a “parte” para rebater, no entanto, Aurélio interrompeu seu discurso no momento que Pires pediu a palavra.

“Minha fala está concluída deputado, Vossa Excelência já mentiu por vinte minutos, acho que já está bom por hoje, acabou a mamada, vossa excelência está em fim de carreira.” disparou Marco Aurélio em tom sarcástico.

Em resposta, César Pires não economizou adjetivos: “Vossa Excelência é um canalha, canalha, porque você se apropriou de vim dizer que estou mentindo, eu não lhe tratei dessa forma, Vossa Excelência age com molecagem”, respondeu.

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Osmar Filho mostra força ao agregar lideranças de municípios da Baixada


Dando seguimento a sua caminhada rumo ao Legislativo Estadual, o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), demonstrou força ao reunir nesta semana lideranças de cinco municípios da Baixada Maranhense que apoiam seu nome.

No encontro realizado na noite desta quinta-feira (16), em Pinheiro, o vereador reuniu apoiadores dos municípios de Viana, Penalva, Matinha, Cajari e São Vicente Ferrer.

“Estamos firmes nesta luta. Temos certeza que Osmar Filho vai representar a nossa Baixada na Assembleia”, disse o ex-vice-prefeito de São Vicente Ferrer, Lelé Aroucha.

O apoio a pré-candidatura do vereador ludovicense também foi declarado pelo vice-prefeito de Cajari, Constâncio, que disse acreditar nesta vitória da Baixada Maranhense nas próximas eleições.

“A Baixada, com suas vocações, vem progredindo a cada dia. O nosso objetivo é ser mais uma voz em defesa da região na Assembleia Legislativa”, disse Osmar.

O pedetista aproveitou para declarar apoio a pré-candidatura do senador Weverton Rocha (PDT), também presente na reunião, ao Governo do Estado: “O ideal é termos um governador parceiro, para que nossas reivindicações em favor da região possam ter a atenção que merecem”.

O encontro ainda contou com as presenças do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto (PCdoB); do presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), Erlanio Xavier; e do deputado estadual Glalbert Cutrim (PDT).

A agenda de Osmar Filho em Pinheiro também incluiu uma entrevista à Rádio Pinheiro FM; reunião com o prefeito da cidade, Luciano Genésio (PP) e um grupo de vereadores; e participação no encontro regional da caravana “O Maranhão Mais Feliz”, em apoio a pré-candidatura de Weverton, que acontece no início da noite desta sexta-feira (17).

quinta-feira, 12 de agosto de 2021

Deputados manobram para garantir presidência da Alema para Glalbert Cutrim


O plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão patrocinou uma manobra, na sessão desta quarta-feira (11), que visa garantir a vaga de presidente da Casa ao deputado estadual Glalbert Cutrim (PDT), 1ª vice-presidente da Alema e caçula do ex-presidente do TCE (Tribunal de Contas do Estado) do Maranhão, conselheiro Edmar Serra Cutrim.

Em votação relâmpago, por unanimidade, os parlamentares aprovaram em primeiro turno um projeto de resolução legislativa de autoria do deputado Yglésio Moyses (PROS) que altera o regimento interno da Alema e assegura ordem sequencial dos cargos da Mesa Diretora em caso de vacância.

A manobra, tem como pano de fundo a indicação do deputado Othelino Neto (PCdoB), atual presidente do Parlamento estadual, para o TCE maranhense, na vaga a ser ocupada com a aposentadoria compulsória de Edmar Cutrim, cuja previsão legal é somente janeiro de 2023, mas que seria antecipada na negociação com Othelino em prol da ascensão do rebento do conselheiro.

De acordo com o texto aprovado em primeiro turno, declarado vago o cargo na Mesa Diretora, a sucessão passará a ser por ordem sequencial dos cargos, tanto para presidente e vice-presidente quanto para os de secretários. Para o restante das vagas após a sucessão, será realizada eleição, no prazo de até cinco sessões ordinárias.

Para a vaga de 4ª secretário, a tendência é de que Yglésio Moyses seja eleito.

Na regra atual, prevista no artigo 10 do regimento interno da Assembleia Legislativa do Maranhão, em caso de vacância na Mesa Diretora, todos os cargos precisam ser preenchidos por eleição, em votação nominal, pelo mesmo prazo de até cinco sessões.

Para deixar a presidência, ainda segundo o regimento da Alema, Othelino Neto terá de renunciar ao mandato de deputado, mas isso pode ocorrer somente após eventualmente confirmada a indicação de seu nome para o TCE do Maranhão.

Além dessa manobra, a Alema tenta ainda atropelar a Constituição Federal e Estadual e emplacar na corte de Contas o deputado estadual licenciado Marcelo Tavares (PSB), atual secretário-chefe da Casa Civil do governo Flávio Dino (PSB), na vaga do conselheiro Nonato Lago, que será aposentado compulsoriamente no próximo mês.

Pela regra constitucional, a vaga que os deputados querem dar para Tavares é do Ministério Público de Contas, que deve ser preenchida a partir de lista tríplice, segundo os critérios de antiguidade e merecimento.

Atual 7

terça-feira, 3 de agosto de 2021

Othelino Neto anuncia que Marcelo Tavares vai submeter seu nome para ser Conselheiro do TCE/MA


O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto (PCdoB), anunciou nesta terça-feira (3), que o chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares (PSB), confirmou que vai submeter seu nome ao cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.

“Conversa agradável com o deputado Marcelo Tavares sobre o nosso Maranhão. Na oportunidade, ele me informou que submeterá seu nome à apreciação da Assembleia Legislativa para ocupar uma vaga de conselheiro do TCE, que será aberta com a aposentadoria do cons. Nonato Lago”, anunciou Othelino Neto.

“O dep. Marcelo Tavares têm os atributos para a investidura nessa tão relevante função. Experiente e probo, já exerceu importantes funções no estado, dentre as quais de presidente da AL e secretário de estado nos governos José Reinaldo e Flávio Dino”, completou Othelino em sua conta no Twitter.

Pelo rito, o TCE/MA deve comunicar a vacância da vaga após a aposentadoria de Nonato Lago que deve ocorrer no dia 8 de setembro. Após essa fase, os interessados comunicam seu interesse a Assembleia Legislativa que realiza uma sabatina com um grupo de 7 deputados e após o resultado é apresentado ao plenário, onde os 42 parlamentares votam e decidem se o nome tem condições de ocupar o cargo.

Marcelo Tavares completa 50 anos no próximo dia 20 de setembro e caso se mantenha a regra atual, ele pode permanecer na função de Conselheiro do TCE/MA até 2046, quando completaria 75 anos.

Natural de São Luís, Marcelo é formado em direito pela Universidade Federal do Maranhão. Ocupou o cargo de deputado estadual nas legislaturas 1995/1999, 2007/2011, 2011/2015 e 2019/2023. Sendo presidente da Assembleia Legislativa entre 2009 e 2011. Ele coordenou as campanhas de governador de Zé Reinaldo Tavares em 2002 e de Flávio Dino em 2014 e 2018.

Desde 2015 é secretário Chefe da Casa Civil do governo Flávio Dino.

domingo, 1 de agosto de 2021

Assembleia Legislativa retoma atividades presenciais


A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Maranhão, por meio da Resolução Administrativa nº 538/2021, publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (30), determina a retomada dos trabalhos presenciais no Parlamento Estadual com a realização das sessões plenárias às terças, quartas e quintas-feiras, obedecendo ao sistema híbrido (presencial e remoto). Todas as atividades da Casa, a partir da próxima segunda-feira (2), serão realizadas no horário das 8h às 18h.

O presidente do Legislativo maranhense, deputado Othelino Neto (PCdoB), afirmou que a volta do expediente normal acontecerá passo a passo e com muito rigor. “Tomaremos todos os cuidados sanitários necessários para preservar a saúde de todos. As nossas sessões plenárias híbridas acontecerão às terças, quartas e quintas-feiras, permitindo ao parlamentar participar tanto na forma presencial como remotamente, se assim o desejar”, declarou Othelino.

As sessões solenes também serão retomadas a partir do dia 2 de agosto, limitadas a apenas duas por mês e serão realizadas no modo híbrido (presencial e remoto), com o número máximo de 10 convidados por evento, e transmitidas pela TV Assembleia e redes sociais.

Os serviços e atividades regulares da Casa voltarão na forma presencial. Servidores públicos, colaboradores e prestadores de serviços devem retornar ao exercício de suas atividades presenciais a partir do próximo dia 2 de agosto, exceto as mulheres grávidas.

Acesso
Ainda de acordo com a Resolução, será permitido o acesso ao Plenário de apenas um assessor por deputado, durante as sessões ordinárias e extraordinárias, no total de 20, obedecendo ao sistema de rodízio. Está vedado o acesso dos servidores e do público em geral à galeria. As reuniões das Comissões Permanentes e Temporárias serão realizadas apenas na forma presencial, sem público, não sendo adotado o sistema híbrido.

Já as audiências públicas das Comissões Permanentes e Temporárias poderão ser realizadas na forma híbrida (presencial e remota) ou apenas presencial. Nos dois casos, deverão obedecer ao limite de 50% da capacidade do local de realização – Plenarinho, auditórios ou salas das Comissões.

A Resolução Administrativa determina, ainda, que o uso das máscaras faciais de proteção é obrigatório para todas as pessoas dentro das instalações da Assembleia Legislativa.

quinta-feira, 29 de julho de 2021

Família Cutrim na expectativa pela cassação da chapa Dino-Brandão


Embora não demonstre publicamente, nos bastidores, o clã Cutrim, de São José de Ribamar, é um dos principais entusiastas da possível cassação da chapa Dino-Brandão pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), com inelegibilidade da dupla, por supostos abusos de poder nas eleições de 2018.

Conforme mostrou o ATUAL7, caso haja a cassação, o Palácio dos Leões passará para as mãos do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto (PCdoB), que deve tentar a eleição suplementar ou indireta –além de reeleição para governador.

Na eventual vacância do cargo, se cumprido compromisso interno de eleições anteriores para a Mesa Diretora da Alema, quem assumiria o comando do Palácio Manuel Beckman seria o atual vice-presidente da Casa, Glalbert Cutrim (PDT), com brecha para continuar no controle se reeleito deputado estadual em 2022.

Colocar o rebento no comando do Poder Legislativo é um sonho antigo de Edmar Cutrim, conselheiro do TCE (Tribunal de Contas do Estado) do Maranhão prestes a deixar o cargo e perder o prestígio que ainda lhe resta na função.

Atual 7

terça-feira, 13 de julho de 2021

Deputada Dra. Cleide Coutinho não disputará a reeleição


A deputada estadual Dra. Cleide Coutinho (PDT) disse na tarde de domingo (11) que não mais disputará mandato público eletivo.

Para as eleições majoritárias de 2022, a esposa de Humberto Coutinho, ex-presidente da Assembleia Legislativa, irá seguir as orientações do governador Flávio Dino.

Já na família, a cadeira de Cleide na Assembleia Legislativa será disputada por Cláudia Coutinho, atual primeira-dama de Matões que passa a ser pré-candidata a deputada estadual.

Cláudia é diretora administrativa do Hospital Regional Dr. Everaldo Ferreira Aragão – o macrorregional de Caxias.

Com a saída da Dra. Cleide do cenário político, seu cunhado, Ferdinando Coutinho – prefeito de Matões tentará herdar o legado do irmão.

O que não é fácil.

Desde a morte de Humberto (em janeiro de 2018), Cleide perdeu o entusiasmo por política partidária e seu seu adversário político, prefeito de Caxias Fábio Gentil (Republicanos), crescer muito na política local e estadual.

terça-feira, 13 de abril de 2021

CPI desencadeará ação em postos de combustíveis de São Luís hoje


A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Combustíveis realiza, nesta terça-feira (13), uma “batida” em postos de combustíveis da Região Metropolitana de São Luís.

A ação será acompanhada por fiscais do Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão tem o apoio do (Inmeq).

Em reunião na tarde de ontem (12), o presidente da Comissão, deputado Duarte Júnior (Republicanos), já havia destaca o apoio do órgão de fiscalização aos trabalhos de investigação.

“A cada dia nos deparamos com mais informações. São dados importantes que não podemos divulgá-los ainda, a fim de evitar prejuízos para as investigações. Nosso objetivo é fazer com que, ao final desses 120 dias previstos para realização da CPI, o Maranhão volte a ter um combustível com um valor justo e de acordo com o mercado”, salientou.