Mostrando postagens com marcador Federação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Federação. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 8 de agosto de 2022

Confira a lista de candidatos a deputado estadual e federal da Federação PT/PV/PCdoB

O registro dos candidatos da Federação PT/PV/PCdoB já foi protocolada no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão. Os partidos vão com 16 nomes para disputa de deputado federal e 32 deputado estadual.

Para uma vaga na Assembleia Legislativa, seis deputado estaduais vão tentar a reeleição – Othelino Neto, Zé Inácio, Adriano Sarney, Wendel Lages, Ricardo Rios e Ana do Gás – mas uma turma nova está chegando e querendo ocupar o espaço, trata-se de Rodrigo Lago, Júlio César, Luiz Henrique e Cricielle Muniz. Outros correm por fora, mas podem surpreender como é o caso de Aurélio de Imperatriz, o Coletivo Guarnicê, Jowberth Alves, Paulo Romão e Genilson.

A Federação PT/PV/PCdoB, nutre a esperança de eleger seis estaduais. Já para Câmara Federal, a eleição de dois é número bem realista, mas eles pretendem chegar na terceira vaga.

Márcio Jerry, Rubens Júnior, Zé Carlos, Flávia Alves e Gastão Vieira são os que possuem as maiores condições por brigar pelas vagas diretas na Câmara Federal. Os ex-presidentes do PT, Augusto Lobato e Raimundo Monteiro, devem medir forças para quem sabe se cacifar para a próxima eleição interna do partido.

Confira a relação completa dos candidatos a deputado federal e estadual. Em negrito os mais conhecidos.


Deputado federal

Augusto Lobato – ex-presidente do PT

Fransuíla

Gastão Vieira – deputado federal suplente

Zé Carlos – deputado federal

José Pedro Mengol

Raimundo Monteiro – ex-presidente do PT

Rubens Júnior – deputado federal

Daniel Abreu

Flávia Alves Maciel – irmã de Othelino Neto

Márcio Jerry – deputado federal

Mária Vanda

Pedro Oliveira

Joana Lima

Cristiane Bacelar

Gustavo Marques

Paulo Teles


Deputado estadual

Adriano Sarney – deputado estadual

Aurelio Gomes – vereador de Imperatriz

Benta Ferreira Rocha

Creuzamar

Cricielle Muniz – ex-secretária adjunta de Governo

Evandro Siqueira

Coletivo Guarnicê (Chico Gonçalves) – ex-secretário de Direitos Humanos

Genilson Alves – ex-secretário de Trabalho e Renda

Zé Inácio – deputado estadual

Jowberth Alves – ex-secretário de Trabalho e Renda

Luiz Henrique – ex-secretário de Agricultura

Paulo Romão – ex-secretário de Juventude

Raimundo Oliveira

Regina Lins

Ana do Gás – deputada estadual

Júlio César – ex-presidente da AGERP

Lindalva Barros

Marcelo dos Santos

Maria de Cássia Pereira

Mávio Rocha

Othelino Neto – presidente da Assembleia Legislativa

Ricardo Rios – deputado estadual

Rodrigo Lago – ex-secretário de Agricultura Familiar

Vanda Rocha

Luís Eduardo Brito

Wendel Lages – deputado estadual

Cesinha do Egito

João Hélio

Alonso Chagas

Núbia Carvalho

Maria Antônia Pinto

Denise Carvalho Gomes

segunda-feira, 1 de agosto de 2022

Partido Verde realiza convenção e decidirá sobre chapa maioritária até o próximo dia 5


O deputado estadual e presidente do PV no Maranhão, Adriano Sarney, emitiu um comunicado, nesta noite, confirmando que o partido realizou sua convenção no último sábado, dia 30, oportunidade na qual foram homologadas as chapas proporcionais para Assembleia Legislativa e Câmara Federal.

Os verdes estão federados com o PT e PC do B.

De acordo com a nota, os convencionais decidiram delegar a executiva regional o poder de decisão sobre a chapa majoritária – Governo e Senado.

“O Partido Verde fez a sua convenção no último sábado, dia 30. Os convencionais homologaram as chapas para deputado estadual e federal. Mas, decidiram delegar o poder de decisão sobre a chapa majoritária para a Executiva Regional da legenda até o prazo final das convenções eleitorais, dia 05 de agosto. O encaminhamento é resultado de pendências, como a ainda indefinição da data da convenção e dos acordos finais da Federação Fé Brasil, da qual o PV faz parte”, disse o comunicado.

Em contato com o editor do Blog, Adriano Sarney afirmou que os membros do partido ainda estão aguardando posicionamento dos representantes das outras siglas federadas e do próprio ex-governador Flávio Dino (PSB) sobre a indicação de um verde para ocupar a vaga de primeiro suplente na chapa senatorial que será encabeçada pelo comunasocialista.

“Na verdade, a suplência foi mais uma ideia da nacional quando analisou o cenário estadual e o peso do nosso partido local. O que queremos na estadual é que os acordos firmados entre os partidos sejam cumpridos. Estamos aguardando”, informou o parlamentar, que é candidato a reeleição.

A federação partidária, apesar de não possuir o PSB, é controlada no Estado por Dino, que já indicou como sua 1ª suplente a vice-prefeita de Pinheiro, Ana Paula Lobato, que deixou o PDT para ingressar no PC do B.

Ela é esposa do presidente da Assembleia Legislativa e candidato a reeleição, Othelino Neto (PC do B), coordenador da campanha de Dino.

Para 2ª suplência, Dino contemplou outro comunista, qual seja Egberto Magno.

No entanto, o Cidadania, da senadora Eliziane Gama, trabalha para indicar o Pastor Porto, ex vice-governador.

O petismo está contemplado na chapa majoritária para o Governo, com o ex-secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, como vice do atual governador Carlos Brandão (PSB).

Para o PV, nada foi oferecido até o momento.

Sobre o apoio da legenda para o Governo, é questão pacificada, pelo menos até então, o nome de Carlos Brandão.

Com informações do Blog Gláucio Ericeira