Mostrando postagens com marcador Inaldo Pereira. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Inaldo Pereira. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 18 de junho de 2024

Condenado por assalto que resultou no estupro de três jovens, Paulo Sampaio recebe nomeação na gestão Inaldo Pereira

“Salve, Paço do Lumiar, meu majestoso torrão!” A frase que tantas vezes ecoou como uma saudação à majestosa cidade no belo hino luminense, hoje está mais para um grito desesperado de um povo desgovernado por um grupo político que só pensa nos próprios interesses.

Não é novidade que a gestão relâmpago de Inaldo Pereira (PSDB) está servindo apenas de playground para familiares do interino e de trampolim para tentar eleger Fred Campos(PSB) em outubro. O último a cair de paraquedas na gestão foi Paulo Sampaio, ele mesmo, condenado por planejar um assalto em São Luís, que resultou no estupro de três, mulheres, incluindo uma criança, agora vai ocupar o cargo de Coordenador(Portaria nº2481, de 17 de Junho de 2024), vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social-SEMDES. 


Exatamente, o mentor do assalto e atual queimador de pneus em avenidas, tumultuador de sessões na porta da Câmara que xinga a prefeita Paula Azevedo e seu secretariado por nomes que nem nos cabe mencionar aqui, será coordenador em uma pasta que em tese, deve proteger crianças e adolescentes, mobilizar ações de educação e consciência social.  

E tem mais, para quem ainda não sabe, a “amiga íntima” de Sampaio, Ivana Cristina Alves também ganhou um cargo e ocupa a função de secretária adjunta de cultura, esporte e lazer. Será que dá para acreditar que essa turma quer mesmo trabalhar por Paço? 

E como os apocalípticos não agem sozinhos, quem também entrou no Diário Oficial nesta segunda-feira(17), foi Lucas Vinicius Pereira Brenha, filho de Pedro Agnaldo Brenha, o Kubanacan(aquele que cobrava obras de infraestrutura nas comunidades) e Euryenne Tharcylla Pinheiro da Fonseca, filha de Jeff Junior, em departamentos da saúde e educação respectivamente, afinal, os “Garotos do Pix” não poderiam ficar de fora dessa boquinha, não é mesmo?

Parafraseando novamente o hino, que  “A fama e valores” de Paço do Lumiar sejam conhecidos pelas terras do audaz Maranhão não mais pelos escândalos, mas pelas conquistas do seu povo. Para isso, é preciso dar um basta em quem não pensa em outra coisa, a não ser no retrocesso e na ganância pelo poder.

sábado, 15 de junho de 2024

Inaldo Pereira e Fred Campos de ladinho em evento no Castelinho

Parece até enredo de novela mexicana, mas é apenas mais um capítulo da política em Paço do Lumiar. A cidade tem vivido dias turbulentos após o afastamento da prefeita Paula Azevedo (PCdoB). Tudo começou quando Paula, com coragem rara em tempos de alianças fáceis, decidiu não apoiar o pré-candidato a prefeito Fred Campos, mesmo diante da pressão direta do Palácio dos Leões. 

Quem não se lembra da emblemática foto de Paula, Brandão e Fred de mãos dadas? A imagem que caiu como uma bomba, além de uma verdadeira cena de terror e  show de hipocrisia, pareceu, também, um aviso mafioso: "ou você se alinha, ou sofrerá as consequências".

O preço por não ceder ao sistema veio logo: Paula virou alvo. Meses após aquele registro, com o apoio irrestrito do Ministério Público Estadual que, em tese, deveria ser o “fiscal da lei” tomando como parâmetro, entre outros princípios, à Isonomia, Paula foi afastada do cargo por um processo envolto em segredo de justiça. O que mais precisa ser dito? A manobra foi tão óbvia que dispensa explicações.


Para dar um toque especial ao teatro, o interino Inaldo Pereira, sempre opositor de Paula, assumiu o posto. Curiosamente, Inaldo, que sempre reclamou da falta de privilégios e salários exorbitantes, agora se mostra um grande amigo de Fred Campos, o queridinho do governo estadual. Na noite desta sexta-feira(14), durante a luta entre o deputado Yglesio Moisés e o empresário Alessandro Martins, no Ginásio Castelinho, em São Luís, numa dessas alianças que só a política sabe explicar, 

os dois estavam de ladinhos no ginásio Castelinho, em São Luís.

Desde que assumiu, Inaldo tem se envolvido em polêmicas dignas de um manual de como não governar: nepotismo, exonerações em massa, nomeações de parentes de autoridades envolvidas no afastamento de Paula e, claro, aliados de Fred Campos, de quem ele passa a nítida impressão de ser, apenas, um pau mandado.

Tudo isso com um objetivo bem claro: uma futura candidatura a deputado em 2026. Afinal, na política, tudo é questão de alianças e interesses, e Inaldo não iria perder a chance de garantir sua "boquinha".

Inaldo Pereira nomeia Comandante da Guarda Municipal suspeita de envolvimento na fraude de concurso em Paço do Lumiar


“Dê poder a um homem e conhecerás quem ele é”, essa frase atribuída a Nicolau Maquiavel fala uma verdade que o povo de Paço do Lumiar tem acompanhado de perto, visto que o prefeito em exercício, Inaldo Pereira (PSDB), vem fazendo exatamente o contrário de tudo que dizia antes de chegar ao poder. Depois de encher as secretarias municipais de parentes e aliados de Fred Campos, agora Inaldo nomeou Thayane Araújo para o comando da Guarda Municipal de Paço do Lumiar.

Suspeita de participar do famoso concurso fraudado que “coincidentemente” beneficiou somente amigos de Fred, e indicada pelo vereador Fernando Feitosa(Podemos), Thayane é a prova que aqueles que tanto acusaram a gestão Paula Azevedo(PCdoB) ao longo dos últimos quatro anos, na verdade, só querem sugar os recursos e parasitar o dinheiro do município. 

Feitosa é autointitulado defensor da verdade, que não tem medo de denunciar a corrupção, no entanto, até agora ele sequer questionou o prefeito em exercício pelo crime de nepotismo, por nomear a esposa Rozilane Sousa à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, o primo, Fábio Alves, como Secretário Municipal de Mobilidade Urbana, além dos dois genros, um deles Abner Velasco, para o cargo de Secretário Municipal de Planejamento e Articulação Governamental.

Com Thayane à frente da Guarda Municipal , talvez o paladino da justiça continue em silêncio, enquanto isso, quem será o próximo nome que vai figurar no Diário Oficial do Município-DOM? Até Ivana Alves, “amiga” do mentor intelectual do assalto que resultou no estupro de três jovens, entre elas, uma criança de 11 anos, Paulo Sampaio, o “Crânio”, já garantiu uma boquinha no atual governo. Inaldo e Feitosa querem levar Fred Campos ao poder e já sinalizam o desastre que pode contaminar as entranhas da prefeitura de Paço do Lumiar, afinal, o desgoverno mal começou  e a turma já se lambuza a se fartar do suado dinheiro do povo.

quarta-feira, 12 de junho de 2024

Suspeita número 1 no escândalo da Semsa de Braide é nomeada por Inaldo Pereira em Paço do Lumiar


A nomeação da filha da secretária de Educação de Paço do Lumiar vem dando o que falar. A portaria do prefeito interino Inaldo Pereira (PSDB), que saiu na última sexta-feira (7), onde aparece o nome da Mayara Rafaele Sousa Frasão, filha da secretária de Educação, Maria José Freire, é alvo de críticas, muitas delas ligadas ao discurso do gestor temporário sobre ser implacável com a corrupção.

É que Mayara Frasão, nova chefe do Departamento da Secretaria de Educação, é a suspeita número 1 de investigação que apura denúncia envolvendo agentes públicos da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa), na gestão de Eduardo Braide. Ela é presidente da Associação das Donas de Casa da Vila São Camilo.

A entidade gerida por Mayara Frasão é acusada de apresentar inconsistência nas prestações de contas, nos Termos de Colaboração nº 002/2021, 014/2021, 015/2021, 034/2021 e 040/2021, celebrados com a Semsa, com inúmeras contradições e irregularidades quanto a correta aplicação do importe de R$ 940 mil reais que deveriam ser investidos na execução de diversos programas de apoio alimentar durante a pandemia da Covid-19. 

O Ministério Público reforçou a gravidade das condutas da instituição, sob comando de Mayara Frasão. São fortes os indícios de potencialidade de lesão ao erário municipal envolvendo a Associação.

É difícil de acreditar que, no momento que o Estado sofria com as consequências da Pandemia da Covid-19, pessoas se aproveitaram para se favorecer em detrimento do sofrimento dos menos favorecidos. Lares maranhenses têm o pior índice de segurança alimentar do país. 

Qual a contribuição que Mayara Frasão, envolvida nesse escândalo de possível desvio de verbas de quase R$ 1 milhão, poderá dar a SEMED luminense? Ainda mais agora que Inaldo Pereira interrompeu fornecimento de alimentação para os alunos de várias unidades , como a UEB Allana Ludmila. Mayara Frazão terá poder para gerir a merenda escolar dos estudantes luminenses? 

Enquanto isso, Inaldo Pereira interino segue fazendo a dança das cadeiras, nomeando parentes, pessoas com problemas na justiça e sem qualificação técnica para o exercício das funções inerentes ao cargo.

sábado, 8 de junho de 2024

Prefeito interino Inaldo Pereira tem pedidos de afastamento protocolados na Câmara e MP em Paço do Lumiar


Um pedido de afastamento foi protocolado na Câmara Municipal e na Promotoria de Justiça da Comarca de Paço do Lumiar contra o prefeito interino Inaldo Pereira (PSDB), pela prática de nepotismo.

Apenas cinco dias após assumir o cargo, Inaldo Pereira demitiu todos os secretários municipais e nomeou familiares para cargos-chave, cometendo nepotismo e improbidade administrativa.

Entre os nomeados, está Rozilane Sousa Pereira, esposa do prefeito interino, que foi designada como Secretária Municipal de Desenvolvimento Social e responsável pelo Fundo Municipal de Assistência Social. Outro nome é o de Abner Barroco Vellasco Austin, genro de Inaldo, que agora ocupa o cargo de Secretário Municipal de Planejamento e Articulação Governamental, apesar de ter uma ação civil pública em trâmite contra ele por nomeação anterior.

Além deles, Luiz Gustavo Cunha Sousa, também genro do prefeito, foi nomeado Secretário Municipal de Indústria, Comércio e Turismo, e Fábio Fernandes Silva Sales, primo de Inaldo, assumiu a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana. Essas nomeações levantam questionamentos sobre a qualificação e a experiência dos indicados, além de evidenciar uma possível tentativa de beneficiar parentes em detrimento do interesse público.

As denúncias foram protocoladas pelo pré candidato a vereador - Marcos Serra (PL), à Promotoria de Justiça da Comarca de Paço do Lumiar e a Câmara Municipal de Vereadores, pedindo a instauração do processo de afastamento do prefeito interino. 

A situação no município é preocupante. A prática de nepotismo,  não só viola a moralidade e a impessoalidade exigidas pela administração pública, mas também despreza a competência e a eficiência que o serviço público deve garantir. A denúncia argumenta que as nomeações refletem um desrespeito aos princípios constitucionais e um claro desvio de finalidade na gestão municipal.

Para a população de Paço do Lumiar, a sensação é de desilusão e revolta. A cidade, que já enfrenta inúmeros desafios, agora se vê diante de uma administração que parece priorizar interesses familiares sobre o bem-estar coletivo. 

Cabe a Promotoria e a Câmara Municipal atuarem com rigor para investigar essas denúncias e tomar as medidas necessárias para garantir que a administração pública seja conduzida com transparência.

quinta-feira, 30 de maio de 2024

Paula Azevedo se pronuncia sobre afastamento do cargo

A prefeita de Paço do Lumiar, Paula Azevedo (PCdoB), pronunciou-se nesta quinta-feira (30), sobre o seu afastamento temporário do cargo, decretado pelo Tribunal de Justiça do Maranhão. Nas redes sociais, em uma mensagem direcionada aos moradores da cidade, Paula Azevedo expressou sua serenidade diante da situação e reafirmou seu compromisso com a justiça e a transparência.

"Como mulher, sempre travei minhas batalhas de cabeça erguida. Obedeci às leis em tudo que fiz na minha vida. Encaro essa situação com serenidade e humildade, acredito na justiça e confio que tudo será esclarecido da melhor forma possível. Vamos passar por esse momento apresentando nossa defesa, colaborando e estando sempre à disposição das autoridades competentes", disse.

Eleita pela vontade popular, Azevedo reforçou sua determinação em continuar fiel às suas obrigações e aos munícipes. "Cheguei aqui pela vontade dos Luminenses, e logo espero continuar as minhas obrigações com todos aqueles que me conduziram ao Executivo. Minha dedicação e compromisso com Paço do Lumiar permanecem inabaláveis. Estou determinada a seguir trabalhando para que nossa cidade continue avançando e prosperando. Este é o momento de união e força. Juntos, superaremos qualquer obstáculo e continuaremos a construir um Paço do Lumiar melhor para todos. Muito obrigado pelo apoio e pela confiança de sempre, finalizou. 

O afastamento temporário da prefeita Paula Azevedo foi decretado pela desembargadora Graça Amorim, do Tribunal de Justiça do Maranhão.

Veja o pronunciamento: