Mostrando postagens com marcador Weverton. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Weverton. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 14 de junho de 2022

O Imparcial/Exata: Weverton 29%, Brandão 24%, Lahesio 14%, Edivaldo 11%


O Imparcial – A segunda pesquisa O Imparcial/Exata para o governo do Maranhão, aponta o senador Weverton, do PDT, como líder nas intenções de voto para eleição de 2022, a pesquisa foi realizada entre 05 e 09 de junho pelo instituto Exata . Com a desistência do deputado federal, Josimar de Maranhãozinho (PL), que vai concorrer a reeleição à Câmara Federal e do senador, Roberto Rocha (PTB), que vai concorrer a reeleição ao senado, os números para o cenário eleitoral tanto para o governo do estado quanto para o senado sofreram alterações.

Em um cenário com todos os pré-candidatos a governador que até o momento estão mantendo o seu nome na corrida eleitoral para o cargo mais importante do executivo maranhense, na pesquisa estimulada, Weverton tem 29% das intenções de votos, o vice-governador Carlos Brandão (PSDB) tem 24%, o prefeito de São Pedro dos Crentes Lahésio Bonfim (PTB) aparece em terceiro lugar com 14%, seguido pelo ex-prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Júnior (PSD) com 11%. Já o deputado federal Simplício Araújo (Solidariedade) tem 2%, Hertz Dias (PSTU) tem 1% e Enilton Rodrigues (PSOL) tem 0%; Outros 6% disseram que pretendem votar em branco ou nulo e 13% não sabem ou não responderam.

Em um segundo cenário, em que apenas quatro nomes estão na disputa, Weverton se mantém em primeiro lugar e aparece com 31% das preferências de votos; Carlos Brandão tem 25%; Lahésio Bonfim com 14% e Edivaldo Holanda Júnior, 12%. Não sabem ou não responderam, 12% e 6% disseram que anulariam o voto ou votariam em branco.

O Instituto Exata também simulou uma eleição no primeiro turno entre Weverton e Carlos Brandão. Neste cenário, Weverton teria 43% e Brandão, 37%. Os que votariam branco ou nulo seriam 11% e 9% não sabem ou não responderam.

Também foi simulado um embate em um eventual segundo turno com um possível confronto entre Weverton com 52% e Lahésio Bonfim 24%. Os que votariam branco ou nulo seriam 11% e 13% não sabem ou não responderam.

Segundo turno

Já a simulação de um embate em possível segundo turno entre Carlos Brandão e Lahésio Bonfim, o atual governador aparece com 47% e o prefeito de São Pedro dos Crentes, figura com 27%. Os que votariam branco ou nulo seriam 12% e 14% não sabem ou não responderam.

Em um outro cenário, em um eventual segundo turno entre Weverton Rocha e Edivaldo Holanda Jr, o senador pedetista aparece com 55% das intenções de voto contra 20% do ex-prefeito de São Luís. Os que votariam branco ou nulo seriam 13% e 12% não sabem ou não responderam.

Se a disputa em um eventual segundo turno ocorresse entre Carlos Brandão e Edivaldo Holanda Jr, o atual governador do Maranhão aparece com 49% das intenções de voto contra 23% do ex-prefeito de São Luís. Os que votariam branco ou nulo seriam 15% e 13% não sabem ou não responderam.

Nesta pesquisa, foram ouvidas 1451 pessoas entre os dias 5 e 9 de junho em todo o estado, com uma margem de erro de 3,28 para mais ou para menos e confiabilidade de 95%, e registro no TSE como MA-04453/2022.

segunda-feira, 13 de junho de 2022

Prefeita Maura Jorge declara apoio a Weverton para governo


prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge (PSDB), em entrevista concedida na manhã desta segunda-feira (13) ao telejornal Bom Dia Mirante, confirmou que vai apoiar o senador Weverton Rocha (PDT), pré-candidato a governador do Maranhão. A gestora municipal também disse que seguirá com o senador Roberto Rocha (PTB) que buscará sua reeleição.

Maura Jorge, que já foi deputada estadual, criticou as péssimas condições das estradas que cortam o Maranhão e a falta de investimentos na infraestrutura, por parte do governo estadual. A prefeita reforçou seu compromisso com o progresso de Lago da Pedra e do Maranhão como todo.

Questionada pelo “ponto de escuta” se não seria incoerência apoiar um pré-candidato de esquerda ao governo, sendo ela aliada do presidente Jair Bolsonaro, Maura Jorge foi enfática em dizer que o futuro mais feliz para o povo maranhense está acima de tudo e que Weverton é o melhor para governar o Maranhão. A entrevistada também reforçou que WR, além de ser bem articulado, mantém relações institucionais com o Governo Federal.

Com informações do Blog Hora Extra

terça-feira, 31 de maio de 2022

Helio Soares será o vice de Weverton


Em live nesta segunda-feira(30), o deputado federal Josimar Maranhãozinho anunciou que o PL indicará o deputado Helio Soares como vice na chapa do senador Weverton(PDT) na disputa do governo do Estado.

“Uma decisão correta, é meu amigo pessoal, do PL, sempre me acompanhou, conhece todo o estado do Maranhão e onde o governador não poder estar, ele estará. Nós vamos lutar para no dia 2 de outro eleger Weverton governador e Helio vice-governador”, disse Josimar.

Josimar lembrou sua trajetória junto com Hélio antes de entrar na política e quando ainda era fazendeiro.

O prefeito de Igarapé Grande e presidente da Famem, Erlânio Xavier, elogiou a indicação.

“A sua experiência e sua maturidade tenho certeza que foi uma boa escolha e dará sua contribuição ao Maranhão”, disse.

Helio Soares é presidente estadual do PL e está no sexto mandato de deputado.

segunda-feira, 23 de maio de 2022

Josimar e o PL declara apoio Weverton para o Governo


O deputado federal Josimar de Maranhãozinho confirmou nesta noite, durante live realizada nas suas redes sociais, apoio do PL, seu partido, e do seu grupo político a pré-candidatura ao Governo do senador Weverton Rocha, do PDT.

Josimar e o seu grupo deverão indicar o candidato a vice do pedetista.

Pré-candidato a reeleição, Josimar ouviu prefeitos; deputados, vereadores e demais lideranças do seu campo durante todo o fim de semana.

O parlamentar fez uma votação entre os aliados que optaram por ele decidir o futuro do grupo.

Josimar afirmou que iniciou as conversações com o grupo comandado pelo governador Carlos Brandão (PSB) até pelo fato dos mesmos terem estados juntos na eleição de 2020, em São Luís, e no pleito para o comando da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem).

No entanto, abriu diálogo com o grupo de Weverton Rocha por entender que o campo de Brandão, apesar do deputado não possuir nada contra o tucanosocialista, ter sido responsável pelo seu rompimento ocorrido ano passado – leia-se Flávio Dino.

Disse que fez questão de ouvir as propostas de Weverton e Brandão.

E que se sentiu melhor acolhido no campo comandado pelo pedetista.

Criticou agentes do Governo que, de acordo com ele, tentaram cooptar prefeitos e prefeitas do PL com promessas variadas.

“Acredito que Deus me abençoou e vai me abençoar com a junção destes dois grupos. Vamos retirar o Maranhão da pobreza. Reunimos PL e todo nosso grupo. Nosso grupo a partir de hoje nós deliberamos aqui que é melhor a gente buscar um projeto que a gente vê que estamos sendo abraçados e acolhidos. Nosso candidato é o meu amigo senador Weverton Rocha”, afirmou.

Weverton cumpre agenda extensa pelo interior do Maranhão


O senador Weverton (PDT), pré-candidato ao governo do Maranhão, participou na última sexta-feira feira (20) do evento Grajaú Mais Feliz e, no sábado (21), do Afonso Cunha Mais Feliz. Entre os dois eventos, o senador também esteve em Presidente Dutra e Amarante. No domingo, participou da Cavalgada em Pindaré-Mirim.

“A realização do “Maranhão mais Feliz”, nos municípios é um momento muito importante onde falamos com a população, bem de perto, sobre as propostas para o fortalecimento do nosso estado. Propostas para gerar emprego e renda. Mostrar que um novo Maranhão é possível. Mostrar que sonhos podem se tornar realidade”, disse Weverton.

Participaram dos dois eventos deputados federais e estaduais, pré-candidatos, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores da região e lideranças locais.

“Agradeço o Marinaldo do Gesso, de Grajaú, e ao prefeito de Afonso Cunha, Arquimedes Bacelar, pela acolhida nos seus municípios. Estamos juntos por um Maranhão Mais Feliz e próspero”, ressaltou Weverton.

Na sexta – feira, antes de chegar a Grajaú, o parlamentar esteve em presidente Dutra, onde foi recepcionado pelo ex-prefeito Juran Carvalho e pelo deputado estadual Ciro Neto (PDT). Em Presidente Dutra, o senador, acompanhado da presidente da Fetaema, Angela Silva, participou de reunião com agricultores e agricultoras da região.

“Apoiamos a pré-candidatura de Weverton, pois ele defende a pauta dos trabalhadores e trabalhadoras rurais. É um grande parceiro da nossa luta”, afirmou Angela Silva.

Amarante – No sábado (21),Weverton esteve em Amarante. A programação na cidade começou na Câmara Municipal, onde o senador, o presidente da Famem e prefeito de Igarapé Grande, Erlânio Xavier (PDT), e o deputado estadual Márcio Honaiser(PDT), receberam o título de cidadão de Amarante.

“Agradeço aos vereadores de Amarante por esta honra concedida. Contem sempre com o nosso trabalho e empenho para conseguir as melhorias que o município tanto necessita. Contem com este filho de Amarante”, destacou Weverton.

Após a solenidade na Câmara o senador, acompanhado de comitiva, participou do início das obras de pavimentação asfáltica dos bairros Jardim Planalto e Vila Clóvis Reis, fruto de emenda parlamentar.

E para encerrar as atividades do final de semana, Weverton participou no domingo da sexta edição da Cavalgada do Cabeça Branca em Pindaré Mirim, que teve a presença de centenas de cavaleiros e amazonas.

“É uma felicidade muito grande participar desta cavalgada, que já é uma tradição, em todo o Maranhão”, disse o senador que foi acompanhado pelo presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), e pelo deputado federal Cleber Verde (Republicanos).

Fonte: Rogerio Silva

quarta-feira, 18 de maio de 2022

Entenda como Josimar de Maranhãozinho se tornou o pesadelo de Brandão e Dino


O deputado federal Josimar de Maranhãozinho, presidente do Partido Liberal (PL-MA) no estado, é um líder político dos mais fortes e bem articulados. Prova disto, além de contar com bancadas fortes na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal, Josimar tem cerca de 50 prefeitos aliados e fiéis. Por esse motivo, Josimar tem tirado o sono do governador Brandão e do ex-governador Flávio Dino.

Existe a expectativa de que na próxima sexta-feira (20), Josimar anunciar a retirada de sua pré-candidatura ao governo e declarar apoio ao senador Weverton Rocha (PDT-MA), que se tornou alvo da mídia dinista e brandonista, por não ter sido seduzido pelas benesses dos Leões e mantido a pré-campanha em campo em prol de um estado mais feliz e digno. Caso a expectativa se confirme, Josimar indicará o (a) vice na chapa encabeçada por Weverton e buscará a reeleição para a Câmara.

Selada essa união de Josimar e Weverton, nem o rugir dos Leões afastaria o favoritismo do pré-candidato pedetista, uma vez que Josimar tem aliados deputados estaduais, federais, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores que, declarando apoio a Weverton, mudaria drasticamente o tabuleiro político do estado. Por exemplo, em Barra do Corda, Weverton que já conta com o apoio do ex-prefeito Eric, passaria também a ser apoiado pelo prefeito Rigo Teles. O mesmo em Pedreiras, onde Weverton já conta com o apoio da prefeita Vanessa Maia e passaria a contar também com o apoio da família Louro, do deputado estadual Vinícius Louro. Assim como nos dois municípios citados, Weverton com apoio de Josimar fecharia o palanque com as principais lideranças de situação e oposição em diversos municípios em todas as regiões do Maranhão.

Sabedor disso, o governador Brandão tem alertado sua cúpula da necessidade de descontruir as imagens de Weverton e Josimar espalhando fake news e, desesperadamente, buscando nacionalizar a campanha estadual colocando no senador Weverton rótulo de bolsonaristas, tentando atrair simpatizantes do ex-presidente Lula.

Com informações do Blog do Carlos Barroso

terça-feira, 17 de maio de 2022

Militância de base do PT se reúne com Weverton Rocha


Petistas de todo o Maranhão – o chamado PT raiz – discutiram na última segunda-feira, 16, a tese “Lealdade a quem sempre esteve com Lula e com os Trabalhadores” de apoio à candidatura do senador Weverton Rocha.

Formado por presidentes do PT de São Luís e de vários outros municípios, representantes sindicais e membros dos movimentos sociais, o PT raiz que levar a tese de apoio a Weverton ao encontro de tática do partido, marcado para o dia 29 de maio.

Nesta segunda-feira, 16, esses membros do PT se reúnem na sede do Sindsep para discutir formas de participação no encontro petista.

Entre as lideranças, o pré-candidato do PT ao Senado, professor Paulo Romão, e o presidente do PT de São Luís, Honorato Fernandes.

quinta-feira, 5 de maio de 2022

Base do PT pró-Weverton prepara novo ato político

O PT de São Luís, presidido pelo ex-vereador Honorato Fernandes, prepara novo evento para consolidar o grupo petista que defende abertamente a chapa Lula (PT) e Weverton Rocha (PDT).

Com forte base nos movimentos sociais, sindicatos e com ampla base na classe trabalhadora, o movimento petista reúne membros do PT de todo o Maranhão; além disso tem forte participação em entidades como a CUT, a Fetaema, o Sindsep e dezenas de outras entidades da classe trabalhadora.

Um dos primeiros eventos da base do PT pró-Weverton foi realizado no início de março, na sede da Fetaema, no Araçagy, quando reuniu petistas de todos os 217 municípios; o próximo evento será organizado para definir a data de inauguração da sede do comitê “PT com Weverton e Lula”.

Além de Honorato Fernandes, o grupo reúne outros petista de peso, como o ex-secretário de Esportes Márcio Jardim, o professor e sociólogo Paulo Romão, pré-candidato a senador pelo PT, além de vereadores, ex-vereadores, ex-candidatos a prefeitos e dirigentes de diretórios municipais no Maranhão inteiro.

O argumento para defender a candidatura de Weverton, segundo Honorato Fernandes, é a preferência que o próprio Lula já manifestou em relação ao senador, que sempre atuou no campo progressista, inclusive, em defesa do próprio Lula.

O comitê de petistas com Lula e Weverton devem apresentar teses no encontro de tática do PT, que definirá os rumos do partido nas eleições de outubro.

Com informações do Blog do Marco D'eça

domingo, 1 de maio de 2022

Weverton lidera pesquisa Exata


O Instituto de Pesquisa Exata divulgou pesquisa de intenção de votos para as eleições 2022. Os dados apontam liderança do senador Weverton caso as eleições fossem hoje.

Os eleitores foram questionados “Se a eleição para o Governo do Estado fosse hoje e os candidatos fossem esses, em quem o sr (a) votaria?

No cenário estimulado, Weverton Rocha aparece com 22%, seguido por Carlos Brandão com 21%, Lahésio Bonfim com 12% e em seguida seguem empatados com 11% dos votos Edivaldo Holanda Júnior e Roberto Rocha. Não votariam em nenhum/branco/nulo e 11% não responderam.

O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erros é de 3,44% para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no TSE sob o MA-05691/2022.


sexta-feira, 29 de abril de 2022

Flávio Dino não será apoiado pelo grupo de Weverton para o Senado

Em entrevista, nesta sexta-feira (29), ao podcast “Sai da Lama”, apresentado pelo jornalista Jonas Filho, da cidade de Caxias-MA, o senador Weverton Rocha (PDT), pré-candidato a governador do Maranhão, descartou qualquer apoio do seu grupo à candidatura do ex-governador Flavio Dino (PSB) a senador.

“Uma coisa o nosso grupo já tomou a decisão política. Nós não vamos votar no Flávio Dino depois de tudo que ele e a forma agressiva, dura, difícil e tudo que vocês viram e não precisa eu falar!”, disse o senador Weverton.

Segundo o senador, seu grupo político tem até as convenções para escolher qual nome irá apoiar como candidato ao Senado.

Desde o anúncio de Carlos Brandão como escolha pessoal de Flavio Dino para ser candidato a governador, Weverton Rocha mantinha postura de simpatia à candidatura de Dino, seu agora ex-aliado. Entretanto, os mais atentos observadores da cena política já esperavam que em algum momento Weverton e seu grupo fariam a declaração de descarte do apoio ao nome de Flávio, em razão do clima hostil patrocinado pelo grupo em torno do ex-governador ao senador.

domingo, 27 de março de 2022

Pesquisa/Exata: Weverton segue como favorito para governar o Maranhão


A Exata testou os eleitores com todos os nomes que falam em ser candidatos ao governo do estado. Nesse cenário, Weverton tem 23% das intenções de voto na pesquisa estimulada, ou seja, quando os nomes dos pré-candidatos são apresentados aos entrevistados. O atual vice-governador Carlos Brandão foi mencionado por 16%; seguido pelo senador Roberto Rocha com 13%. Edivaldo Holanda Jr aparece com 12% das intenções no levantamento. Lahesio Bonfim aparece com 10%; Josimar do Maranhãozinho tem 6%; Simplício Araújo, 2%. Hertz Dias tem menos de 1% de intenções de votos. 8% dos eleitores disseram que votariam em branco ou nulo e 10% não sabem ou não responderam

Em todos os outros cenários a diferença entre Weverton e o vice-governador só aumenta. Sem Josimar e Simplício Araújo, Weverton aparece com 25%; Brandão, 17%; Roberto Rocha, 14%; Edivaldo Holanda Jr, 13%; e Lahesio,11%. Sem Roberto Rocha, Weverton aumenta a liderança para 31%. Brandão aparece com 19%; Edivaldo, 15% e Lahesio, 13%. E Weverton chega a 35% numa disputa entre apenas três nomes, enquanto Brandão teria 22% e Edivaldo teria 17%.

Senado

A pesquisa da Exata também ouviu os eleitores sobre as intenções de voto para senador. Se as eleições fossem hoje, Flávio Dino teria 51% dos votos, Roberto Rocha teria 20%, Edivaldo Holanda Júnior, 10%. Saulo Arcangeli, Paulo Romão e Antônia Cariongo teriam 1%, cada um. Não sabem ou não responderam 7% dos eleitores e 9% disseram que votariam em branco ou nulo.

Se apenas Flávio Dino e Roberto Rocha concorressem ao Senado, Flávio teria 56% das intenções de voto e Roberto Rocha teria 27%. Brancos e nulos somariam 11% e 6% não souberam ou não quiseram responder.

Num outro cenário de disputa, com Dino e Edivaldo Holanda Júnior, o governador teria 57% e o ex-prefeito de São Luís teria 21%.

Rejeição

Os eleitores também se manifestaram sobre em quem não votariam de jeito nenhum.

Na eleição para governador o nome mais rejeitado foi o de Josimar do Maranhãozinho, citado por 31% dos entrevistados, seguido de Carlos Brandão, em que 19% dos eleitores não votariam de jeito nenhum. O ex-prefeito Edivaldo Holanda Jr aparece com 17% no quesito rejeição. Simplício Araújo tem 15%; Weverton Rocha, 14%; Roberto Rocha, 13%; Enilton Rodrigues, 11%; Lahésio Bonfim, 9%; e Hetrz Dias 9%. Não votariam em nenhum, 21% e 33% poderiam votar em qualquer um deles. Não sabem ou não responderam somaram 9%.

Para o Senado os quatro primeiros colocados no quesito rejeição estão em um empate técnico: Paulo Romão, com 24%; e Flávio Dino, Saulo Arcangeli e Antônia Cariongo, com 22% cada um. Logo em seguida vem Roberto Rocha com 18% e Edivaldo Holanda Júnior com 15%. 27% disseram que poderiam votar em todos e 24% não votariam em nenhum dos nomes apresentados. Não sabem ou não responderam somaram 11%.

sexta-feira, 18 de março de 2022

Weverton participa do aniversário de Zé Dirceu


O senador Weverton Rocha (PDT) participou na noite de quarta-feira, 16, ao lado da esposa Sâmya Bernardes, da festa de aniversário do ex-ministro da Justiça, José Dirceu (PT).

Ele foi o único maranhense presente ao evento.

Dirceu foi alçado à condição de principal articulador da campanha do ex-presidente Lula, e opera a máquina do PT e a formação de alianças nos estados.

Defensor aberto da candidatura de Weverton Rocha no Maranhão, o ex-ministro esteve ano passado hospedado na casa do senador, em Barreirinhas.

E fez questão de chamar o parlamentar maranhense e sua esposa para sua mesa principal na festa de aniversário.

No jantar, Weverton tratou diretamente com Zé Dirceu sobre a aliança do PT no Maranhão.

Com informações do Blog do Marco D'eça

quinta-feira, 17 de março de 2022

PROS é esvaziado após declarar apoio a Weverton


A ex-direção estadual do PROS no Maranhão registrou nas redes sociais a desfiliação em massa da sigla. Os pré-candidatos à Assembleia Legislativa e à Câmara dos Deputados decidiram deixar o partido após a direção nacional confirmar apoio da sigla ao pré-candidato ao governo do Maranhão, senador Weverton Rocha (PDT).

O vereador de São Luís, Chico Carvalho (ainda no União Brasil), recebeu na noite da quarta-feira, 16, a comunicação da direção nacional de que a comissão provisória do partido no Maranhão ficará no comando do ex-deputado Marcos Caldas.

Logo após o comunicado, Carvalho reuniu os pré-candidatos às eleições proporcionais e definiram que deixarão o PROS e buscarão o novo partido para a disputa de outubro.

“Quando fui convidado para compor o Pros, uma missão me foi dada: montar as chapas de deputados estadual e federal. E como missão dada, é missão cumprida, com diálogo conseguiu uma intensa filiação de nomes fortes para as eleições proporcionais. Trouxe para os quadros nomes da política que foram deputados, prefeitos, vereadores e vice-prefeitos. Lideranças de destaque no interior do estado. Infelizmente, o cenário político mudou e o PROS nacional decidiu seguir caminho diferente do já acertado com os pré-candidatos do partido. Não concordei com os novos rumos e, assim como eu, os pré-candidatos a deputado estadual e federal, também não”, disse Chico Carvalho.

Entre os desfiliados do Pros estão os ex-deputados Raimundo Cutrim, Jota Pinto, Victor Mendes e Waldir Maranhão.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2022

Weverton avança pelo apoio do PSD


Não há como negar: o senador Weverton Rocha (PDT) deu passos importantes na costura pelo apoio do PSD a sua pré-candidatura ao Governo do Estado.

Seja no primeiro, ou no segundo turno.

O PSD, como se sabe, tem como pré-candidato o ex-prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Júnior.

Mas as recentes declarações do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, sobre a possibilidade de apoio ao colega senador pedetista abriram uma “janela de oportunidade”.

Com um detalhe: logo após afirmar à TV Mirante que Weverton tem uma candidatura “próxima à gente” e que – caso o apoio não se confirme no primeiro turno – deseja um “pacto de não agressão” que viabilize uma composição no segundo (saiba mais), Pacheco esteve em Imperatriz, justamente ao lado do pedetista.

Foi uma sinalização importante...

terça-feira, 22 de fevereiro de 2022

Escutec: Weverton segue liderando corrida eleitoral no Maranhão


O Instituto Escutec trouxe a primeira pesquisade intenção de votos para o governo do Maranhão, Senado e Presidência da República. Foram 2 mil eleitores ouvidos nos dias 17 a 22 de fevereiro. O registro da pesquisa está com o número MA 03951/2022. 0 intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

No levantamento foram ouvidos 2 mil eleitores em todas as regiões do Maranhão. E no cenário estimulado, o senador Weverton Rocha aparece com 22%. Ele é seguido por Carlos Brandão com 19%.

Em terceiro lugar aparece o ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior (PSD), com 12%. Na sequência estão Roberto Rocha (sem partido) com 11%, Lahesio Bonfim (PTB) 11%, Josimar de Maranhãozinho (PL) com 5%, Simplício Araújo (SD) com 2% e Ernilton Rodrigues (PSOL) não pontuou.

Com informações do Blog do Kiel Martins

domingo, 20 de fevereiro de 2022

Relação de Flávio Dino com Weverton irrita Brandão


A dependência eleitoral que o vice-governador Carlos Brandão (PSDB) tem do governador Flávio Dino (PCdoB) tem levado seus aliados no governo e na mídia a acusações de golpe quase diários diante da relação que Dino mantém com o senador Weverton Rocha (PDT), líder em todas as pesquisas.

Brandão mostra forte incômodo coma presença de Weverton nos eventos do governo, o que se reflete em postagens irritadas de aliados do vice tucano na imprensa.

Mesmo após Flávio Dino assumir sua “escolha pessoal” pelo vice-governador, Weverton manteve-se na base do governo, fazendo campanha em faixa própria e garantindo apoio ao governador para sua candidatura ao Senado, desde que ele aceite.

A relação político-eleitoral, nos moldes da “solução José Roberto Arruda”, já revelada no blog Marco Aurélio D’Eça, mantém Weverton como líder nas pesquisas mesmo após declaração de Dino em favor do seu vice.

Mas o que irrita Carlos Brandão é a presença do senador nos eventos em que o governo se faz presente, como a inauguração do Mercado Municipal de Balsas, nesta sexta-feira, 18.

Falando a aliados políticos do município e região – como o prefeito Dr. Eric (PDT) – Weverton mostrou desenvoltura e bem mais penetração popular que Brandão, o que irritou o vice-governador, irritação esta refletida logo em seguida por aliados na imprensa.

Brandão quer uma postura mais distante de Dino em relação a Weverton, forçando o governador, inclusive, a demitir aliados do senador imediatamente.

Alheio aos reclames do vice, Weverton segue costurando suas alianças em todo o estado.

Com informações do Blog do Marco D'eça

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022

Carlos Brandão fracassa em articulação e perde PRB e União Brasil para Weverton


Até a semana passada, os articuladores da campanha do vice-governador Carlos Brandão (PSDB) davam como certa a adesão de dois partidos que estão com o senador Weverton Rocha (PDT): o PRB e o União Brasil.

Brandão ofereceu tudo o que podia aos deputados federais Cléber Verde e Gil Cutrim para ter o PRB em seu palanque, mas fracassou; esta semana, os dois deputados reafirmaram o apoio a Weverton, em vídeo que ganhou as redes socais.

Mais certo ainda Brandão tinha o União Brasil

O vice-governador tucano e seus articuladores estavam convictos de que o deputado federal Pedro Lucas Fernandes ficaria com o comando do novo partido – resultado da fusão entre DEM PSL – mas foi novamente derrotado por Weverton.

Além de manter o deputado federal Juscelino Filho (DEM) como presidente regional da legenda, a maior do país, Weverton recebeu as garantias de aliança com o PDT.

Resultado: Brandão agora terá que se virá para encontrar uma legenda que abrigue Pedro Lucas Fernandes.


Com informações do Blog do Marco D'eça

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2022

Exata: Weverton 24%, Brandão 17%, Roberto Rocha 13%, Edivaldo 10%


O Imparcial – A primeira pesquisa O Imparcial para para o governo do Maranhão, aponta o senador Weverton, do PDT, como líder isolado das intenções de voto na eleição de 2022, segundo pesquisa realizada entre 09 e 13 de fevereiro pelo instituto Exata. Em um cenário com todos os nomes que lançaram pré-candidatura a governador, Weverton tem 24% das intenções de votos, o vice-governador Carlos Brandão (PSDB) tem 17%, pouco mais que o senador Roberto Rocha (sem partido), que tem 13%. O ex-prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Júnior (PSD) e o prefeito de São Pedro dos Crentes Lahésio Bonfim (PTB) aparecem em quarto lugar, tecnicamente empatados com respectivamente 10% e 9%. O deputado federal Josimar do Maranhãozinho (PL) tem 6%; o deputado federal Simplício Araújo (Solidariedade) tem 1% e Enilton Rodrigues (PSOL) tem 0%. Outros 8% disseram que pretendem votar em branco ou nulo e 12% não sabem ou não responderam.

Em um segundo cenário, em que apenas três nomes estão na disputa, Weverton se distancia ainda mais e aparece com 35% das preferências de votos; Carlos Brandão tem 24%; e Edivaldo Holanda Júnior, 15%. Não sabem ou não responderam 14% e 12% disseram que anulariam o voto ou votariam em branco.

O instituto Exata também simulou uma eleição entre Weverton, Brandão e Lahésio. Neste cenário, Weverton teria 39%; Brandão, 25%; e Lahésio teria 10%. Os que votariam branco ou nulo seriam 12% e 14% não sabem ou não responderam.

Se no lugar de Lahésio estivesse o senador Roberto Rocha o cenário teria pouca alteração: Weverton teria 34% das intenções de voto; Carlos Brandão teria 24%; e Roberto Rocha, 14%. O percentual de nulos, brancos ou indecisos permaneceria o mesmo dos cenários com Lahésio ou com Edivaldo como terceiro nome.

Em um eventual embate de segundo turno entre Weverton Rocha e Carlos Brandão, o senador Weverton venceria com folga com 43% dos votos, enquanto o vice-governador Brandão teria 28%.

A pesquisa Exata foi realizada por encomenda do jornal O Imparcial, que passará a acompanhar o cenário das eleições para presidente e para governador e senador do Maranhão. Nesta pesquisa foram ouvidas 1.413 pessoas em todo o estado, com uma margem de erro de 3,32 para mais ou para menos e confiabilidade de 95%, e registro no TSE 02686/22.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2022

Republicanos seguirá apoiando Weverton Rocha, diz Cléber Verde


O presidente estadual do Republicanos no Maranhão, o deputado federal Cléber Verde, desmentiu a informação de que o partido apoiará a pré-candidatura de Carlos Brandão (PSDB) ao governo do estado.

Nesta sexta-feira (4), blogs divulgaram fake news de que o partido estaria deixando a base de apoio do senador Weverton Rocha (PDT), fato que foi rechaçado por Cléber Verde.

“O Republicanos está no envolvimento político liderado pelo senador Weverton Rocha e estamos discutindo o Maranhão na busca de soluções para demandas mais urgentes. Nesse sentido, a informação que o Republicanos abandonaria o projeto do senador Weverton não é verdade. Isso está circulando em blogs que infelizmente não buscam as informações verdadeiras para apresentar à sociedade. Ratificamos o nosso compromisso de seguir com o Maranhão Mais Feliz” disse o parlamentar.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2022

Weverton mantém base e atrai parte do apoio partidário de Brandão


O senador Weverton Rocha (PDT) conseguiu manter inabalada sua candidatura ao Governo do Estado, mesmo diante da pressão do vice-governador Carlos Brandão (PSDB) por candidatura única na base do governo Flávio Dino (PSB).

E garantiu apoio integral de sua base, composta por PDT, DEM, PP, PRB, PSL e Rede Sustentabilidade.

Mas, além disso, Weverton conseguiu dividir com Brandão o apoio de parte do PT, do Cidadania, do PCdoB e do próprio PSB, para onde o vice tucano está se transferindo.

Além do próprio ex-presidente Lula, são aliados de Weverton no PT o presidente do diretório municipal de São Luís, Honorato Fernandes, dirigentes municipais em diversos municípios, líderes sindicais ligados à CUT e militantes petistas em todo o estado.

No PCdoB Weverton tem o apoio do presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto, e de toda a sua militância no interior;

No Cidadania, ele é apoiado pela senadora Eliziane Gama, principal nome do partido no Maranhão.

E no PSB, conta com o apoio do ex-prefeito de Timon, Luciano Leitoa, e todo o seu grupo, espalhado por diversas regiões do estado.

Com a base mantida, Weverton já articula aliança com o PSDB, que deve ficar com a senadora Eliziane Gama após saída de Brandão; e vai conversar também com PTB, Podemos, MDB e PSD.

Com informações do Blog do Marco D'eça