Mostrando postagens com marcador Weverton Rocha. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Weverton Rocha. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 29 de dezembro de 2021

Weverton fecha 2021 com o triplo dos votos de Brandao, diz pesquisa


O senador Weverton Rocha (PDT) fecha o ano de 2021 com 35% das intenções de votos para governador, segundo pesquisa do Instituto Engrácia Garcia, divulgada nesta terça-feira, 28, pelo Sistema Meio Norte de Comunicação.

Weverton tem quase três vezes mais intenções de votos do que o vice-governador Carlos Brandão (PSDB), “escolha pessoal” do governador Flávio Dino (PSB).

Segundo a pesquisa, que ouviu 1.200 eleitores em 74 municípios do Maranhão, entre os dias 8 e 18 de dezembro, a disputa pelo terceiro lugar se dá entre o senador Roberto Rocha (sem partido), com 7%, e o ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior (PSD), com 6%; mas ambos estão tecnicamente empatados com Brandão, levando em conta a margem de erro de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

Os números do Engrácia Garcia – os últimos de 2021 – apontam que a disputa pelo governo se dará mesmo dentro da base dinista, entre Weverton, que soma sete partidos em sua base de apoio, e Brandão, até agora apoiado por PCdoB, PROS, PSB e PV.

E esta tendência deve balizar os movimentos de todos os candidatos já no início de 2022.

Por Marco Aurélio D'eça

terça-feira, 5 de outubro de 2021

Weverton tem agenda com Lula e sinalizam aliança no Maranhão


Em Brasília para uma nova rodada de conversas em torno de alianças para 2022, o ex-presidente Lula, veja só, encaminhou um importante palanque no território do pedetista Ciro Gomes.

Antigo aliado de Weverton Rocha, o senador que lidera pesquisas ao governo maranhense, Lula recebeu o parlamentar do PDT nesta terça para uma conversa num hotel de Brasília em que praticamente fechou o apoio no estado.

A possibilidade de estar no palanque do PDT em 2022, ainda que Ciro também seja presidenciável, é uma realidade para Lula, que já disse a aliados que estará com quem tiver “50% dos votos mais um” para vencer em 2022. No Maranhão, pelas últimas pesquisas, o nome é de Rocha, que já deixou claro a diferentes interlocutores que deseja ter Lula em seu palanque em 2022. As informações são da Revista Veja

sábado, 2 de outubro de 2021

Roseana e Weverton lideram, fantasma da derrota assombra Flávio Dino


Se depender dos números apresentados pela pesquisa Escutec/O Estado de intenção de votos para governador, senador e presidente da República, o governador Flávio Dino (PSB) deve perder alguns dias de sono. Além de ver adversários crescendo, comunista começa a ver, mesmo que distante, fantasma de uma possível derrota para o senado. A pesquisa Escutec/O Estado identificou que Flávio Dino ocupa a vice-liderança em rejeição entre TODOS os candidatos.

De acordo com os números, a derrota do possível candidato do comunista ao governo do Maranhão, o vice Carlos Brandão (PSDB), se torna a cada dia mais provável. Além disso, os números também revelam que o próprio Flávio Dino não pode assegurar que irá ser eleito senador no ano que vem após deixar o governo.

A pesquisa analisou vários cenários e pode ser encarada de forma positiva apenas pela ex-governadora Roseana Sarney (MDB) e pelo senador Weverton Rocha (PDT), que cristalizou a posição de segundo colocado.

O senador Roberto Rocha (sem partido), que a cada dia vai despontando como possível adversário do governador Flávio Dino, também apareceu bem no levantamento.

Apesar de ainda não assegurar sua candidatura, Roseana foi colocada em três cenários. No primeiro, ela aparece com 26%. Seguida por Weverton Rocha (20%), Edivaldo Júnior (12%) e o vice-governador Carlos Brandão (10%). Logo aparece Roberto Rocha (9%) e o prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Bonfim (5%). Completam a lista Simplício Araújo (4%), Josimar de Maranhãozinho (3%) e o Felipe Camarão (2%).

No segundo cenário, apenas com seis candidatos, os números foram os seguintes: Roseana (30%), Weverton (20%), Edivaldo (14%), Carlos Brandão (12%), Roberto Rocha (11%) e Josimar de Maranhãozinho (5%).

Sem a ex-governadora na disputa e com oito postulantes, os resultados foram os seguintes: Weverton (24%), Edivaldo Júnior (17%), Roberto Rocha (14%), Brandão (11%), Lahesio (8%), Josimar (5%), Simplício (5%) e Felipe Camarão (3%). Cerca de 15% dos eleitores estão indecisos ou não quiseram responder.

Para a disputa no senado, em um cenário com o governador, o resultado alcançado pelos concorrentes foi: Flávio Dino (44%), Roberto Rocha (23%) e Josimar de Maranhãozinho (7%).

No cenário de rejeição, Maranhãozinho tem 25%, Flávio Dino, 21% e Roberto Rocha, 11%.

segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Erlanio Xavier é cotado para disputar o Senado pelo PDT


O nome do prefeito de Igarapé Grande e presidente da Federação dos Municípios Maranhenses (Famem), Erlanio Xavier (PDT), vem ganhando força, nos municípios, como um possível pré-candidato ao Senado Federal em 2022.

Municipalista, bem articulado com os prefeitos maranhenses, com bom trânsito em Brasília pelas causas dos gestores municipais e agregador, Erlanio Xavier vem sendo incentivado por diversos setores a entrar na disputa.

A possibilidade vem ganhando força diante das recentes movimentações do cenário político. Na carta assinada pelas lideranças do grupo governista em julho último, todos acordaram que o pré-candidato de consenso seria o governador Flávio Dino, mas, se houver uma divisão, Erlanio é a “carta na manga” e o nome forte do partido para a disputa pelo Senado.

Não está descartada também a possibilidade do deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) vir para a chapa do senador Weverton Rocha como pré-candidato a senador, diante das últimas movimentações de bastidores.

É, parece que um novo “tsunami político” está em curso.

Silvia Tereza

domingo, 19 de setembro de 2021

Ordem nos Leões é desidratar o PDT, Ivaldo Rodrigues foi o primeiro


O governo Flávio Dino (PSB) vai coagindo e forçando membros do PDT a pedirem desfiliação.

O governo Flávio Dino (PSB) dá mostras, ainda que timidamente, a “patada” dos Leões e vai atingindo muita gente, direta ou indiretamente. A coisa se acirrou após uma reunião de Dino com seu secretariado – o governador queria saber quem é quem e deixou claro quem será o seu candidato ao governo. Com isso, o primeiro a se sentir pressionado foi o ex-vereador de São Luís, Ivaldo Rodrigues, que é adjunto na secretaria de agricultura no governo Dino, e vislumbra assumir a pasta em abril do ano que vem.

Ivaldo já está fechado com Brandão e o recado de Flávio Dino foi só um – que está com ele tem que se decidir pelo seu candidato, que será Carlos Orleans.

E as coisas vão se acirrar ainda mais, após o último Carnaval de Flávio Dino, no poder, com a máquina nas mãos – após isso, Brandão fará uma Caçada às Bruxas, na Saúde, Educação e nas demais pastas para conseguir se manter no cargo de governador.

Nas secretarias, o clima é de muita tensão entre os cargos comissionados e até mesmo entre os efetivos.

Felipe Mota

Weverton consolida nome para suceder Dino


O senador Weverton Rocha, do PDT, se consolida a passos largos como nome para a sucessão do governador Flávio Dino entre os pré-candidatos do grupo governista.

Enquanto o vice Carlos Brandão aposta estagnado na saída do governador e Simplício Araújo investe em outdoors com pautas de competência da Câmara de São Luís, o político pedetista faz o dever de casa inspirado no movimento Diálogos Pelo Maranhão, criado por Dino em 2013.

Ontem, em Pinheiro, Weverton mais uma vez mobilizou parlamentares, prefeitos, vereadores, secretários do executivo estadual, a senadora Eliziane Gama, presidentes de partidos e centenas de lideranças políticas no movimento denominado “Maranhão Mais Feliz”.

É o quarto encontro do tipo, que tem por objetivo desenhar o plano de governo a ser apresentado pelo pedetista no próximo ano.

O movimento repercute entre a classe política e mobiliza o povo ao redor das cidades por onde passa.

O resultado é refletido nas ruas, com as pessoas buscando saber mais sobre a atuação e projetos de Weverton, e nas pesquisas que mostram ele na liderança para governador.

Nas bases, a afirmação “o homem tá forte” é a maior das evidências de que o senador pedetista é o mais viável – talvez o único estabelecido – entre aqueles que buscam administrar o Maranhão a partir de janeiro de 2023.

quarta-feira, 15 de setembro de 2021

Weverton pede cumprimento da lei que proíbe corte de energia nas sextas, feriados e fins de semana


O senador Weverton (PDT-MA) solicitou à Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) que seja cumprida a lei que proíbe o corte de energia nas sextas-feiras, fins de semana e vésperas de feriados. A lei proíbe o corte e determina que o consumidor seja comunicado previamente sobre o desligamento em virtude da inadimplência e o dia a partir do qual será realizada a interrupção do serviço.

“Tenho recebido várias denúncias de realização de suspensão de energia às sextas-feiras, sábados, domingos e em feriados ou na véspera deles, em diversos municípios do Maranhão, ou seja, a lei não está sendo respeitada. Isso não pode acontecer”, explicou o parlamentar.

De acordo com Weverton, a concessionária Equatorial Maranhão Distribuidora de Energia S/A está agindo à revelia da Lei Federal. O senador cobra uma atuação efetiva da da ANEEL, que tem a função de gerir contratos de concessão de distribuição de energia elétrica e também de fiscalizá-los.

“É preciso saber o que está acontecendo. Se a Equatorial não está cumprindo a lei, a ANEEL precisa instaurar um processo”, declarou o parlamentar.

Weverton explicou ainda que não há orientação normativa, por parte da ANEEL, quanto aos procedimentos a serem adotados pelas concessionárias – também em particular, pela Equatorial Maranhão Distribuidora de Energia S/A.

“Por isso, é preciso a edição de uma resolução que discipline o disposto na lei, especialmente para fins de fiscalização, controle e publicidade das medidas de interrupção, suspensão e corte de fornecimento de energia elétrica nos termos da Lei”, afirmou o senador.

quarta-feira, 8 de setembro de 2021

PDT deve ganhar adesões de peso


Liderado no Maranhão pelo prefeito Erlânio Xavier, de Igarapé Grande, o PDT deve ganhar novos filiados ainda neste mês.

Estão previstas as adesões de um secretário do governo Dino, um influente deputado estadual e dez prefeitos.

As filiações reforçam a pré-candidatura de Weverton Rocha e devem ocorrer em Pinheiro, no próximo dia 17, durante o evento “Maranhão Mais Feliz”.

A legenda de Leonel Brizola elegeu 42 prefeitos no ano passado e ganhou, no último sábado, a adesão de Fernando Pessoa, gestor do município de Tuntum.

segunda-feira, 30 de agosto de 2021

Eduardo Braide caminha para aliança com Weverton Rocha


Embora sem gestos públicos mais evidentes desde a posse, o prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), mantém uma forte relação com Weverton Rocha, desde as eleições de 2020, quando o grupo do senador foi decisivo no segundo turno.

Braide venceu as eleições com apoio de Weverton; e deve retribuir a gentileza em 2022.

Aliados do prefeito já estão articulados na campanha do senador, sobretudo nos encontros do projeto “O Maranhão Mais Feliz”; são vereadores de São Luís, deputados e lideranças do interior que atuam diretamente na pré-campanha pedetista.

A definição de apoio de Braide deve se dá apenas em 2022, seguindo a linha do próprio governador Flávio Dino (PSB), que também adiou sua decisão para o ano que vem.

Mas, até lá, novos gestos de lado a lado evidenciarão a aliança.

Antes disso, porém, haverá a eleição para presidência da Câmara Municipal, em abril, quando a aliança PDT/Braide deve ser reafirmada.


Marco D'eça

domingo, 29 de agosto de 2021

Pelo 7º ano consecutivo, Weverton é um dos mais influentes no Congresso Nacional


O senador Weverton Rocha (PDT) voltou a estar entre os mais influentes agora, em 2021, como parlamentar articulador. De acordo com o Diap, parlamentares articuladores são aqueles com excelente trânsito nas diversas correntes políticas, cuja facilidade de interpretar o pensamento da maioria os credencia a ordenar e criar as condições para o consenso. Ele está entre aqueles que conseguem se diferenciar dos demais pelo exercício de todas ou algumas das qualidades e habilidades que caracterizam um protagonista do processo legislativo como, por exemplo, a capacidade de conduzir debates, negociações, votações e articulações.

Para fazer a classificação, o Diap adotou critérios qualitativos e quantitativos, que incluem aspectos institucionais, de reputação e de decisão, a partir de postos ocupados, capacidade de negociação e liderança. Com base nesses critérios, a equipe do departamento faz entrevistas com parlamentares, assessores legislativos, cientistas e analistas políticos e jornalistas, além de levantamentos relacionados a projetos apresentados e a discursos proferidos. São considerados também resultados de votações, relatorias, intervenções nos debates, frequência de citações na imprensa, análise dos perfis e grupos de atuação.

A primeira vez que o parlamentar apareceu na lista foi em 2015, como deputado federal em ascensão. Em 2016, 2017 e 2018 voltou a figurar como negociador, destacado por qualidades como liderança e capacidade de diálogo e de manter coeso o grupo ao qual pertence. Em 2017 e 2018, Weverton foi líder da bancada do PDT na Câmara. Em 2018, ele foi líder da Minoria, partidos que faziam oposição ao governo do presidente Michel Temer.

quinta-feira, 26 de agosto de 2021

Weverton sensibiliza Aneel e reajuste da conta de luz no MA cai de 6,11% para 1,69%


A diretoria da Aneel realizou uma audiência pública para decidir o índice de reajuste da conta de luz do Maranhão. A previsão de aumento era inicialmente de 6,11%, mas, após a articulação do senador Weverton (PDT- MA), o aumento caiu para 1,69% para o consumidor residencial. A média de reajuste no restante do Brasil é 8%.

O senador participou da audiência, de forma remota, e explicou aos diretores da agência o motivo do seu pedido. “Esse não é o pleito de um senador do Maranhão, é o pleito de todos os maranhenses. Muitas famílias perderam renda e não estão suportando o custo da energia elétrica, especialmente neste momento de crise. Se o aumento for inevitável, que ele seja o menor possível”, reforçou.

Um fator que permitiu a diminuição do reajuste foi a decisão da Aneel em antecipar a devolução dos créditos de PIS/COFINS aos consumidores, proposta defendia pelo senador. A medida baseia-se em uma decisão do Supremo Tribunal Federal, que define que o ICMS não deve integrar a base de cálculos do PIS e da COFINS.

A proposta foi considerada no relatório da diretora Elisa Bastos – aprovado por unanimidade pela diretoria da agência. O presidente da Aneel, André Pepitone, chamou atenção para o trabalho técnico que foi feito com o objetivo de encontrar essa solução e elogiou a intervenção do senador. “Um grande trabalho de engenharia tarifária foi feito para conter os elevados aumentos que poderiam estar acontecendo no ano de 2021. Hoje, com a intervenção do senador Weverton, consolidamos o trabalho que temos feito na agência de estreitamento com o Congresso Nacional”, declarou.

sexta-feira, 20 de agosto de 2021

PMN e Podemos indicam apoio de Braide ao Weverton


No encontro realizado no último sábado em Imperatriz, 
que lançou a pré-candidatura de Weverton ao governo do Maranhão, estiveram presentes os vereadores de São Luís, Raimundo Penha (PDT), Osmar Filho (PDT), Nato Júnior (PDT), Silvana Noely (PTB), Álvaro Pires (PMN), Francisco Chaguinhas (Podemos) e Octavio Soeiro (Podemos).

A presença dos vereadores do PMN e Podemos, partido do prefeito de São Luís, Eduardo Braide, é um sinal que o gestor da capital deve mesmo apoiar o projeto do pedetista ao Governo do Estado.

Embora ele não tenha ido, a participação de parlamentares de partidos que orbitam sua base indicam o apoio de Braide a pré-candidatura de Weverton. Inclusive, cogita-se, nos bastidores, que já existe um pré-acordo para essa aliança.

quinta-feira, 19 de agosto de 2021

A difícil equação de Carlos Brandão com PSDB e PT


O vice-governador Carlos Brandão (PSDB) conseguiu estar na agenda do ex-presidente Lula (PT) com o governador Flávio Dino (PSB), em um ambiente absolutamente de esquerda e no qual se mostrou totalmente desambientado.

E para piorar a situação do tucano maranhense, o também ex-presidente Fernando Henrique Cardoso declarou apoio ao governador João Dória (SP) para presidente, no mesmo dia em que Brandão tirava foto com Lula.

Dória foi o responsável por avalizar a volta de Brandão ao PSDB, no mês de março, como garantia de um palanque no estado à sua candidatura presidencial.

Para completar, o próprio Lula deu uma alfinetada no PSDB na manhã desta quinta-feira, 19, na visita ao Hospital São Luís, acusando os tucanos de prejudicar o SUS em seu governo, segundo revelou o blog do jornalista Martin Varão.

No mesmo evento, era possível perceber claramente a intimidade do ex-presidente com o senador Weverton Rocha (PDT), diante de um Brandão pouco à vontade, como mostra o vídeo acima.

A aliança com que sonha o tucano maranhense – e até mesmo alguns petistas empregados no Palácio dos Leões – é, portanto, uma equação de difícil solução.

O que fica evidente pelas próprias imagens deste post….

quarta-feira, 18 de agosto de 2021

Othelino e Eliziane fechados com Weverton


Após o Encontro Regional do senador Weverton em Imperatriz, chamou muita atenção no meio político é o firme posicionamento da senadora Eliziane Gama e do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Othelino Neto para com o projeto político do senador Weverton.

Os dois mantêm firmes suas posições ao lado do parlamentar ao Governo do Estado sem deixar se pressionar.

O presidente da Alema e uma das senadoras mais influentes do Congresso dão uma sustentação muito grande ao pedetista.

segunda-feira, 16 de agosto de 2021

Weverton mostra força ao reunir 61 prefeitos em Imperatriz


O senador Weverton Rocha (PDT), agora oficialmente pré-candidato a governador publicou nesta segunda-feira, 16, em seu site pessoal, a relação nominal de 61 prefeitos que participaram do lançamento de sua campanha, em Imperatriz, no último sábado, 14.

– Foi uma grande adesão política – disse o senador, no título do post.

É a primeira vez que um candidato a governador publica nome por nome dos que o apoiam.

Ao blog, Weverton disse que a divulgação da lista é uma forma de transparência com a qual pretende conduzir sua campanha.

– Não há maquiagem. Foram 61 prefeitos, fora os representantes de outros que não puderam comparecer. É preto no branco, com transparência – disse.

Participaram do evento em Imperatriz os seguintes prefeitos: Alto Alegre do Pindaré, Fufuca; Altamira do Maranhão, Ileldo do Queijo; Alto Parnaíba, Itamar; Amarante do Maranhão, Vanderli; Araioses, Luciana Trinta; Arari, Rui; Bacuri, Dr.Washington; Balsas, Dr.Erik; Barrerinhas, Dr.Amilcar; Bernardo do Mearim, Júnior Xavier; Bom Jesus das Selvas, Fernando; Brejo, Zé Farias; Buritirana, Toni Brandão; Cantanhede, Cabão; Coelho Neto, Bruno Silva; Duque Bacelar, Flavio Furtado; Fernando Falcão, Raimunda do Josemar; Fortuna, Sebastião; Gonçalves Dias, Toinho Patioba; Governador Archer, Leide; Governador Edson Lobão, Geraldo; Graça Aranha. Bira; Guimarães, Osvaldo; Humberto de Campos, Luis Fernando; Igarapé Grande, Erlânio Xavier; Imperatriz, Assis Ramos; Itaipava do Grajaú, Júnior do Posto; Jenipapo das Vieiras, Arnobio do Carro Velho; João Lisboa, Vilson; Lago do Junco, Edna Fontes; Lima Campos, Dirce do Jaison; Mata Roma, Besaliel; Matões do Norte, Solimar; Milagres do Maranhão, Zé Augusto; Mirinzal, Amaury; Montes Altos, Domingos França; Paulino Neves, Raimundo Lidio; Paulo Ramos, Adailson; Pedro do Rosário, Toca Serra; Penalva, Ronildo; Peritoró, Dr. Junior; Pinheiro, Luciano Genésio; Porção de Pedras, Francisco Pinheiro; Presidente Vargas, Fabiana; Primeira Cruz, Nilson Cassol; Ribamar Fiquene, Cocifran; Santa Filomena do MA, Salomão; Santo Antônio dos Lopes, Bigu; São Bernardo, João Igor; São Domingos do Maranhão, Tratrorzão; São João do Paraíso, Beto Regis; São João dos Patos, Dr. Alexandre; São Luís Gonzaga, Dr. Junior; Sitio Novo, Antônio Coelho; Sucupira do Riachão, Walter; Timon, Dinair Veloso; Trizidela do Vale, Deibson Balé; Tuntum, Fernando Pessoa; Turulândia, Paulo Curio; Vargem Grande, Carlinhos Barros; e Vitorino Freire, Luana Resende.

A prefeita de Cajari, Maria Felix, foi representada pelo filho, o presidente da Câmara de Vereadores de São Luís, Osmar Filho; a prefeita de Pedreiras Vanessa Maia, foi representada pelo ex-prefeito Fred Maia; o prefeito de Magalhães de Almeida Nonato Carvalho, representado pelo irmão Neto Carvalho; e a prefeita de Água Doce do Maranhão, Thalita Dias, que foi representada pelo pai Eliomar Dias.

Weverton volta a reunir aliados em um evento em São Bernardo, no Baixo Parnaíba, no próximo sábado, 21.

– À medida que for aumentando o número de prefeitos presentes, a nossa lista vai crescendo, de forma transparente e aberta – concluiu o senador.

Além dos prefeitos, participaram do encontro em Imperatriz a senadora Eliziane Gama, deputados federais, estaduais, vereadores, ex-prefeitos e ex-candidatos a prefeitos de todo o Maranhão.

Indefinição de Flávio Dino pode prejudicar sua candidatura ao Senado


A indecisão do governador Flávio Dino PSB) parece lhe afetar mais uma vez. Depois de esconder-se em cima do muro durante as eleições municipais em 2020, Flávio Dino se encaminha para perder outro grande aliado de seu governo.

Neste final de semana, o senador Weverton Rocha (PDT), pré-candidato ao governo do Maranhão, parece que cansou de esperar por um posicionamento de Flávio Dino.

Em Imperatriz, Weverton fez questão de deixar bem claro que é amigo de Flávio Dino, mas que sua candidatura é uma vontade do povo. Segundo Weverton, não existe a possibilidade de um recuou de sua candidatura ao governo.

O forte posicionamento de Weverton, vem logo após Flávio Dino se reunir com Edivaldo Holanda Jr (PSD), outro pré-candidato declaro ao governo, e ver o impulsionamento do secretário de Educação, Felipe Camarão (PT), que nos últimos dias tem feito agendas casadas com o governador, além de expor fortemente sua imagem em outdoors em São Luís.

Flávio Dino chegou a realizar uma reunião com os principais nomes de seu grupo, no qual idealizou uma “carta compromisso”, onde afirmou que seu grupo teria somente uma candidatura ao governo e apenas uma candidatura ao Senado, no caso, a dele. Todos presentes na reunião, ao menos o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL), assinaram a tal carta se comprometendo a obedecer as regras impostas pelo governador.

Diante dos fatos, Flávio Dino pode perder o apoio dos dois partidos com o maior número de prefeitos. 

É aguardar para conferir.

Osmar Filho marca presença no lançamento da pré-candidatura de Weverton


Correligionário de Weverton Rocha (PDT), o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), marcou presença no evento de lançamento da pré-candidatura do Senador ao Governo do Maranhão, que aconteceu neste sábado (14) na cidade de Imperatriz.

Para Osmar, a pré-candidatura de Weverton a governador é a esperança de um Maranhão mais feliz, mais desenvolvido e de mais oportunidades.

“Muito me honra estar ao seu lado neste ponta pé inicial de sua pré-campanha. Seguiremos juntos em prol de um Maranhão cada vez mais desenvolvido”, afirmou o vereador durante o evento.

Weverton disse que essa será a eleição da sua vida e pediu que todas as lideranças que o apoiam permaneçam firmes no projeto.

“É um projeto sem volta. Quem tem a minha história não sabe o que é desistir”, pontuou o senador, destacando que vai dar sequência ao que foi interrompido no governo do Dr. Jackson Lago.

domingo, 15 de agosto de 2021

Maranhão mais feliz: Weverton lança pré-candidatura ao governo do estado em Imperatriz


Em grande ato político, o senador Weverton lançou neste sábado (14) a sua pré-candidatura ao Governo do Maranhão com a presença de centenas de prefeitos, ex-prefeitos, deputados, ex-deputados e vereadores e ex-vereadores dos municípios do Maranhão.

O prefeito de Igarapé Grande e presidente da Famem, Erlanio Xavier, destacou a história do senador Weverton quando foi líder estudantil, secretário de Juventude e deputado federal e ressaltou a presença dos prefeitos e vereadores.

Em discurso, o senador Weverton destacou a presença de centenas de lideranças e afirmou que está preparado para o desafio. “Quero dizer a vocês que depois de tudo que nós vivemos, de toda a trajetória vivida, tenho certeza que eu amadureci muito”, disse.

“O Maranhão está avançando no governo Flávio Dino. Várias obras importantes aconteceram e acontece. Mas o Maranhão, assim como todo estado, precisa de tempo e precisa sempre de discípulos virtuosos pra melhorar ainda mais a vida das pessoas. Essa missão está sendo bem cumprida pelo Flávio Dino e está encerrando. Agora precisa iniciar uma nova missão e na minha missão, Deus permitindo, com o apoio do povo do Maranhão, nós iremos iniciar um governo que seja retratado do diálogo, do respeito e de compreender que a nossa luta não é apenas um palanque em época de eleição, mas a luta de cada um, aonde cada um exerce seu mandato, ela pode ser exercida na política”, disse o senador Weverton.

quarta-feira, 11 de agosto de 2021

Apoios político-partidários reforçam Weverton no interior


Quando desembarcar em Imperatriz no próximo sábado, 14, o senador Weverton Rocha (PDT) chegará com a força do apoio de seis partidos – PDT, DEM, PSL, PP, PRB e Cidadania – e ao lado dos principais líderes institucionais do estado.

Ele também se apresentará a prefeitos, vice-prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, ex-vereadores, deputados federais e estaduais e lideranças da região tocantina como o líder em todas as pesquisas de intenção de votos dentre os candidatos da base do governo Flávio Dino (PSB).

Nenhum outro pré-candidato do grupo de Flávio Dino reúne essas mesmas condições políticas para concorrer ao governo.

A visita de Weverton a Imperatriz – e ele vai também a outras quatro regiões, entre agosto e setembro – tem o objetivo de consolidar esta estrutura e fortalecer ainda mais seu nome nessas regiões, cumprindo exatamente o pacto assinado por ele, pelo governador Flávio Dino e pelo vice-governador Carlos Brandão (PSDB).

Ao final dos quatro encontros regionais, o senador entende que estará pronto para receber a indicação na base de Flávio Dino como o representante do grupo para a disputa de 2022.

Pelo menos este é o compromisso assinado pelos três na reunião de julho.

quinta-feira, 29 de julho de 2021

Econométrica: Roseana 24,6%, Weverton 19,9%, Edivaldo 10,8%; Veja os números


A Pesquisa Econométrica, divulgada pelo programa Ponto e Vírgula, nesta quinta-feira (29), a qual o blog teve acesso, mostra a liderança de Roseana Sarney para o Governo do Maranhão. No cenário estimulado, ela pontua com 24,6%, seguida do senador Weverton Rocha, que tem 19,9%. O ex-prefeito Edivaldo Jr. é o terceiro com 10,8%. Em quarto lugar está o senador Roberto Rocha, com 10,1%. 

O vice-governador Carlos Brandão alcança 10%. O prefeito Dr. Lahesio Bonfim tem 8,3%, o deputado Josimar Maranhaozinho 4,5% e o secretário Simplício Araújo 1%. Nenhum/Branco/Nulo somou 4,1% e Não sabe/Não Respondeu 6,7%.



Rejeição
A maior rejeição é da ex-governadora Roseana Sarney. 42,8% dos entrevistados disseram que não votariam de jeito nenhum nela. Em seguida vem o deputado Josimar Maranhaozinho, que tem 34,2% de rejeição.


Aprovação
Pesquisa do instituto Econométrica mostra que o governo Flávio Dino é aprovado por ampla maioria dos maranhenses.

De acordo com o levantamento, 74,4% dos entrevistados disseram aprovar o governo Flávio Dino. Enquanto 24,3% disseram não aprovar o governador. Não sabe somou 1,3%.

Em relação a gestão do governador no combate à pandemia de Covid-19, 15,5% dos entrevistados disseram que é ótima, 40,3% classificaram como boa. 31,3% acham regular. 7,6% consideram ruim e 4,3% disseram ser péssima. ‘Não sabe/não respondeu somou 1,1%’.


Cenários Weverton x Roberto Rocha/Weverton x Edivaldo



Disputa presidencial
O instituto Econométrica também avaliou a disputa presidencial no Maranhão. Lula lidera com 59,5%, enquanto Bolsonaro tem apenas 23,4%. Ciro Gomes soma 6,5%, Sérgio Moro aparece com 1,3%, João Dória com 1,2% e Mandetta apenas 0,7%.

‘Nenhum/BrandoNulo’ somou 3,6% e ‘não sabe/não respondeu’ 3,9%.

O mais rejeitado é o presidente Bolsonaro, com 68,5%. João Doria tem 28,5% de rejeição, Lula 27,8%, Ciro Gomes 25,6%, Moro 23,5%, Mandetta 14,3%.

Contratada pelo Programa Ponto e Vírgula, a pesquisa ouviu 1.616 pessoas, entre 22 e 25 de julho, com margem de erro de 2,4 pontos percentuais, para mais ou para menos, e nível de confiabilidade de 95%.