Mostrando postagens com marcador Othelino Neto. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Othelino Neto. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 22 de abril de 2022

Flávio Dino foge de Othelino Neto


Na noite da última quarta-feira (20/04), o presidente da Alema, Othelino Neto, realizou um concorrido evento de lançamento da sua pré-candidatura à reeleição como deputado estadual. No entanto, uma ausência chamou mais a atenção que as presenças que ali se manifestaram.

O ex-governador Flávio Dino (PSB), que está com bastante tempo livre, agora que os despachos do Palácio dos Leões são conduzidos pelo governador-tampão Carlos Brandão, não fez a menor questão de se fazer presente e aparecer ao lado daquele que foi tomado a peso de ouro das fileiras do senador Weverton (PDT), pré-candidato ao governo que lidera as pesquisas.

Com o apoio de Othelino Neto garantido através da primeira-suplência à Ana Paula Lobato (PSB), sua esposa, na chapa ao Senado encabeçada por Dino, que sonha dia e noite não com a Câmara Alta, mas sim com um ministério no eventual governo Lula e em uma indicação ao STF, parece que o ex-governador não quer ser visto ao lado de quem está com fama de “traíra” pelos quatro cantos do Maranhão.

Até o presente momento, não houve nenhuma aparição pública de Othelino Neto e Flávio Dino, desde o acordo selado para que ele, que era um dos “cabeças” da campanha pedetista aos Leões, pulasse de volta para o seio palaciano.

Com informações do Blog Verdade 98

quinta-feira, 24 de março de 2022

Flávio Dino teria negociado suplência de senador, vice-governadoria e até vaga no TCE para Othelino


Os cenários finais do governo Flávio Dino (PSB) mostram um chefe do Executivo disposto a negociar o máximo possível para ter aliados do senador Weverton Rocha (PDT) sob seu controle político.

As tentativas de cooptação de aliados do pedetista, em favor do seu pupilo, o vice-governador Carlos Brandão (PSDB, de ida para o PSB), vão além da imaginação. O pano de fundo é a disputa para o Governo do Maranhão.

O alvo do momento é mesmo o presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Othelino Neto, que ameaçou deixar o PCdoB pelo PDT, apoiar Weverton e mudou radicalmente de rumo nos últimos dias.

Ao que parece Othelino teria até sido escalado para convencer o senador pedetista a mudar de ideia e desistir de sua pré-candidatura ao Palácio dos Leões. Porém, até agora, mesmo acuado Othelino resiste em apoiar Weverton, mas não se sabe até quando, mediante os constantes assédios políticos do governador em fim de mandato.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2021

Um dia após ser “convocado” para vice de Brandão, Othelino reafirma apoio a Weverton


O presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry, em entrevista à TV Mirante nessa quarta-feira (8), tentou criar um fato ao insinuar que o deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) poderia compor a chapa ao lado de Carlos Brandão (PSDB) para as eleições de 2022.

O presidente da assembleia legislativa tratou logo de recusar essa “convocação” e, de forma clara, reafirmou o seu apoio à pré-candidatura do senador Weverton Rocha (PDT) ao governo do estado.

Pelas redes sociais, Othelino compartilhou uma foto ao lado de Weverton, mostrando-se fiel ao projeto do pedetista. “Estamos juntos nesse projeto por dias melhores e em prol da qualidade de vida dos maranhenses”, disse o parlamentar.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

Othelino Neto aproveita prorrogação para unificação com o PL de Josimar


O Presidente do Partido Liberal, o deputado federal e pré-candidato ao governo do Maranhão, Josimar Maranhãozinho, esteve reunido com o Presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB). O convite foi feito pelo próprio Othelino que quis ouvir as propostas do PL (oposição ao Governo) e tratar sobre assuntos políticos bem como a forma a AL conduzirá os trabalhos em 2022.

Estiveram presentes, a deputada Detinha, o deputado e vice-presidente do PL, Vinícius Louro, e o deputado Hélio Soares.

“Esse diálogo é fundamental para o futuro político do Maranhão em todas as esferas. Othelino é um grande articulador e certamente tem um olhar de transformação, buscando o que é melhor para o nosso estado”, disse Josimar Maranhãozinho.

Vinícius Louro pontuou o fortalecimento cada vez maior do partido e do apoio do presidente da Casa Legislativa do Maranhão. “Certamente o nosso partido ganha forças com os aliados em todo o estado. Othelino é um grande político e seu trabalho ecoa em cada canto do Maranhão. Essas discussões enriquecem a parceria em prol do povo maranhense e das transformações que queremos”, destacou o parlamentar.

quinta-feira, 25 de novembro de 2021

Aliados de Weverton resistem à pressão do Palácio dos Leões

Para tentar esvaziar a candidatura do próprio aliado Weverton Rocha, Flávio Dino chegou a oferecer a vice de Brandão a Othelino Neto


O governador Flávio Dino (PSB) já se decidiu por apoiar a candidatura do seu vice, Carlos Brandão (PSDB), ao Governo do Estado; mas não quer pagar o ônus de escolher alguém que não atenda aos critérios estabelecidos por ele próprio na carta-compromisso assinada em julho.

Por isso, o governador passou a agir pessoalmente na tentativa de cooptação de lideranças que apoiam o próprio aliado, senador Weverton Rocha (PDT).

Fez assim com a senadora Eliziane Gama (Cidadania) e com o presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB).

Ao presidente da Assembleia ofereceu a vice de Brandão ou sua primeira suplência; a Eliziane, ofereceu espaços vários no governo. E ainda pediu que ajudassem a demover Weverton da ideia de ser candidato.

Dos dois, ouviu “não”.

Flávio Dino sabe que não terá como explicar aos líderes da base a opção por Brandão sem que o vice atenda a nenhum dos pré-requisitos para ser candidato: não lidera as pesquisas, não tem apoio de partidos e não agrega as lideranças da base.

De qualquer forma, o governador entendeu ser necessária uma ação de cooptação direta após o fracasso das tentativas da família Brandão.

Têm virado piada nas redes sociais, sobretudo, as tentativas de Marcos Brandão de pôr boné em quem não se sente à vontade em votar no seu irmão.

Por Marco D'eça

segunda-feira, 18 de outubro de 2021

Doador de campanha de Othelino Neto tem salário de R$ 32 mil na Assembleia Legislativa


Um levantamento realizada pelo Blog junto ao Sistema de Divulgação de Candidaturas e de Prestação de Contas Eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), apurou alguns fatos até então desconhecidos sobre a campanha do deputado e atual presidente da assembleia legislativa Othelino Nova Alves Neto, do PCdoB.

O que mais chamou atenção do titular deste blog foi o ranking de doadores de campanha.

Ocupando a 4ª colocação, consta o nome do economista e bacharel em direito Bráulio Nunes de Souza Martins, com doação no valor de R$ 25 mil. O montante foi repassado via transferência eletrônica.


Bráulio Martins fez doação de R$ 25 mil à campanha de Othelino Neto.

Até aí tudo bem. Ocorre, que de acordo com o quadro de servidores do legislativo estadual, o economista ocupa o cargo de diretor geral da Mesa, e tem salário de nada mais nada menos que R$ 32 mil.

O ‘supersalário’ é maior que dos próprios deputados, que possuem remuneração em torno de R$ 25 mil, e supera até mesmo do governador Flávio Dino.

A doação é referente a campanha eleitoral de 2018, quando Othelino Neto já exercia o cargo de presidente e pleiteava o terceiro mandato de deputado.


O nome de Bráulio Martins chegou ocupar páginas de noticias em 2020, quando setores da imprensa denunciaram um escândalo de ‘supersalário’ no legislativo. À época, foram identificados salário que, sabe-se lá como, chegavam a casa dos R$ 57 mil.

O que ninguém sabia, talvez, é que o mesmo dono de um desses supersalários havia dado uma ‘ajudinha’ a campanha do chefe.

Além do economista, outros funcionários que também ocupam cargo do alto escalão fizeram doações a campanha de Othelino Neto. Mas, este e outros assuntos serão abordados nas próximas matérias.

Por Maldine Vieira

segunda-feira, 20 de setembro de 2021

O que estaria por trás do encontro entre Josimar e Othelino


O presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB) reuniu-se, neste domingo (19), com o deputado federal Josimar Maranhãozinho (PL).

“Conversa agradável sobre o Maranhão e perspectivas para 2022”, comentou Othelino.

Como se sabe, Josimar, ao lançar oficialmente sua pré-candidatura ao governo, anunciou rompimento com o governador Flávio Dino e disse que seus aliados também fariam o mesmo, entre os quais os deputados eleitos pelo seu grupo na Assembleia. Seria uma perda para a base do governo, que é a maioria sob a liderança de Othelino, parceiro de Dino.

Como é de conhecimento, também, Josimar disse que não conversaria mais com nenhum outro pré-candidato ao governo. Othelino, além de aliado do governador Flávio Dino, é o principal articulador da campanha do senador Weverton ao governo. Isto é, um diálogo que pode ter desdobramento político no futuro.

segunda-feira, 13 de setembro de 2021

Assembleia Legislativa do MA faz pregão de R$ 3 milhões para fretamento de aeronaves


A Assembleia Legislativa do Maranhão abriu um pregão eletrônico no valor de pouco mais de R$ 3 milhões para contratação, por 12 meses, de empresa especializada na prestação de serviços de fretamento de aeronave.

O edital diz que a contratação é destinada para o transporte do presidente da Casa, Othelino Neto (PCdoB), demais deputados e servidores do Palácio Manuel Beckman em viagens no território estadual e nacional, quando for necessária a execução de atividades daquele Poder que exijam procedimentos céleres.

Pelo valor, também estão garantidos a disponibilidade de piloto e combustível.

A justificativa para a contratação, dentre outras, é que a interrupção das “demandas e dinâmica do Legislativo” por indisponibilidade de transporte e de equipamentos adequados “comprometerá a continuidade da atividade-fim da Alema”.

Apesar da imprescindibilidade prevista nas leis de Acesso à Informação, de Transparência e de Responsabilidade Fiscal, apenas parte mínima dos documentos obrigatórios para a realização do certame consta na página de licitações da Alema e no sistema de acompanhamento de contratações públicas do TCE (Tribunal de Contas do Estado), o Sacop.

Documentos posteriores à aberta da licitação, por exemplo, marcada para 25 de agosto, permanecem pendentes de envio nos dois canais, o que dificulta o controle social do dinheiro público.

Além disso, a descoberta da previsão do dispêndio com o fretamento da aeronave só foi possível devido à ferramenta da corte de Contas estadual, já que a CPL (Comissão Permanente de Licitação) da Assembleia Legislativa maranhense utilizou uma brecha na legislação para, em vez do valor estimado, máximo ou de referência, inserir no edital que o orçamento é sigiloso.

De acordo com a nova Lei de Licitações, esse sigilo não prevalece para órgão de controle interno e externo, como é o caso do TCE.

Em meio ao pregão sem transparência, Othelino Neto celebrou uma contratação emergencial para o mesmo tipo de prestação de serviço, com vigência entre o dia 22 de março à 18 de setembro deste ano, com a Solar Táxi Aéreo, empresa sediada em Fortaleza, Ceará.
Pelos seis meses de aluguel da aeronave, a Alema vai desembolsar mais R$ 1,26 milhão.

Atual 7

quarta-feira, 1 de setembro de 2021

Mudou Sarney ou mudaram seus críticos?


O registro da visita do presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto, ao ex-presidente José Sarney será daqueles momentos no futuro que determinam a separação entre eras. O sorriso efusivo que fugiu da máscara alimentado pela felicidade de estar ao lado de José Sarney diz muito sobre o momento que passamos. A importância política, cultural e social começa a romper até a convicção de seus mais pretensiosos críticos.

O encontro produziu uma foto em suas redes sociais em tom de tietagem. Othelino seguiu o exemplo de Flávio Dino que, meses atrás, procurou José Sarney para falar em democracia.

No dia 11 de agosto o ex-presidente foi condecorado com a máxima honraria da Assembleia Legislativa, a Medalha do Mérito Legislativo “Manuel Beckman”. Aprovada por unanimidade em uma casa dominada por uma corrente política que se apresenta como antisarney.

Ironia que apenas aos 91 anos e após uma vida de glórias e feitos, Sarney seja considerado digno de tal honraria em sua terra natal. E mais irônico ainda é que antes da Manuel Beckman, Sarney já acumule uma série de honrarias de caráter mundial como a Grã-Cruz da Ordem Nacional da Legião de Honra de França.

E o que explica a repulsa que o ex-presidente causou até tempos atrás? Época em que políticos como o deputado estadual Othelino Neto sequer cogitavam visitas?

Sarney foi vítima de uma das maiores campanhas de assassinato de reputação que se teve na história desse país. Foi alvo preferencial de Lula, Flávio Dino e do próprio Othelino. No fim da vida, como prova de sua sagacidade, tem as paredes pichadas de sua história limpas pelos pichadores. Limpas por Lula, Flávio Dino, Othelino e tantos outros que a sujaram.

Aos poucos o ex-presidente vai deixando de ser “um velho oligarca” e vai se transformando em estadista, grande pessoa, grande líder.

Não, não mudou Sarney. Sua essência é a mesma. Será a mesma pelos próximos séculos. E será lembrado por séculos porque se trata do maior maranhense que já viveu sob qualquer aspecto.

Do ponto de vista político, Sarney ocupa o cargo de mais sábio e arguto articulador vivo. Ser ex-presidente é um detalhe dentro da vastidão de sua influência política.

Do ponto de vista intelectual, possui uma obra literária vasta e de profundidade indiscutível e valor indubitável. São poucos os homens e mulheres que conseguem ser interlocutores ao invés de ouvintes.

Do ponto familiar, José Sarney sustenta um casamento amoroso de 69 anos núcleo de uma estrutura familiar admirável. E, tenho cá com meus botões, de que esse é seu maior tesouro.

Com essas três riquezas, todo o resto é perfumaria.

A reverência de Othelino é apenas mais um tijolo na coluna das lamentações que os (ex)críticos de José Sarney erguem nos últimos anos. Mais um tijolo em mais uma coluna entre milhares de colunas que sustentam a cidadela de uma história espetacular.

Os pequenos estão sendo os últimos a perceber sua grandeza. Antes tarde…

Linhares Jr

terça-feira, 31 de agosto de 2021

José Sarney recebe a visita de Othelino Neto


O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), foi recebido na noite desta segunda-feira, 30, pelo ex-presidente da República José Sarney (MDB).

O encontro ocorreu no apartamento do emedebista, em São Luís, com a participação dos também deputados estaduais Roberto Costa (MDB) e Adriano Sarney (PV).

“Hoje visitei o ex-presidente José Sarney. Conversamos sobre o momento delicado por que passa o Brasil e a importância do diálogo, da tolerância e do respeito à democracia. Agradeço pela receptividade e pela companhia dos deputados Roberto Costa e Adriano”, destacou Othelino nas redes.

quarta-feira, 18 de agosto de 2021

Othelino e Eliziane fechados com Weverton


Após o Encontro Regional do senador Weverton em Imperatriz, chamou muita atenção no meio político é o firme posicionamento da senadora Eliziane Gama e do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Othelino Neto para com o projeto político do senador Weverton.

Os dois mantêm firmes suas posições ao lado do parlamentar ao Governo do Estado sem deixar se pressionar.

O presidente da Alema e uma das senadoras mais influentes do Congresso dão uma sustentação muito grande ao pedetista.

terça-feira, 3 de agosto de 2021

Othelino Neto anuncia que Marcelo Tavares vai submeter seu nome para ser Conselheiro do TCE/MA


O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto (PCdoB), anunciou nesta terça-feira (3), que o chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares (PSB), confirmou que vai submeter seu nome ao cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.

“Conversa agradável com o deputado Marcelo Tavares sobre o nosso Maranhão. Na oportunidade, ele me informou que submeterá seu nome à apreciação da Assembleia Legislativa para ocupar uma vaga de conselheiro do TCE, que será aberta com a aposentadoria do cons. Nonato Lago”, anunciou Othelino Neto.

“O dep. Marcelo Tavares têm os atributos para a investidura nessa tão relevante função. Experiente e probo, já exerceu importantes funções no estado, dentre as quais de presidente da AL e secretário de estado nos governos José Reinaldo e Flávio Dino”, completou Othelino em sua conta no Twitter.

Pelo rito, o TCE/MA deve comunicar a vacância da vaga após a aposentadoria de Nonato Lago que deve ocorrer no dia 8 de setembro. Após essa fase, os interessados comunicam seu interesse a Assembleia Legislativa que realiza uma sabatina com um grupo de 7 deputados e após o resultado é apresentado ao plenário, onde os 42 parlamentares votam e decidem se o nome tem condições de ocupar o cargo.

Marcelo Tavares completa 50 anos no próximo dia 20 de setembro e caso se mantenha a regra atual, ele pode permanecer na função de Conselheiro do TCE/MA até 2046, quando completaria 75 anos.

Natural de São Luís, Marcelo é formado em direito pela Universidade Federal do Maranhão. Ocupou o cargo de deputado estadual nas legislaturas 1995/1999, 2007/2011, 2011/2015 e 2019/2023. Sendo presidente da Assembleia Legislativa entre 2009 e 2011. Ele coordenou as campanhas de governador de Zé Reinaldo Tavares em 2002 e de Flávio Dino em 2014 e 2018.

Desde 2015 é secretário Chefe da Casa Civil do governo Flávio Dino.

terça-feira, 27 de julho de 2021

Othelino no Palácio dos Leões se confirmada a cassação da chapa Dino-Brandão pelo TSE


A chapa Dino-Brandão é alvo de pelo menos duas ações de investigação judicial eleitoral cujo recursos, se acolhidos pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), podem cassar o mandato da dupla por supostos abusos de poder nas eleições de 2018 –além de declarar a inelegibilidade de ambos.

Em caso de cassação, não assumiria o Palácio dos Leões a ex-governadora Roseana Sarney (MDB), segunda colocada em votos no pleito daquele ano. O Poder Executivo seria assumido interinamente pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), até eleição suplementar ou indireta, em que poderia concorrer ele próprio ao cargo, praticamente imbatível, para mandato-tampão.

Atualmente pré-candidato à reeleição em 2022, mas já com fortes articulações para disputar a majoritária no ano que vem, em eventual ascensão ao comando definitivo do Governo do Estado, Othelino poderia concorrer à reeleição, com potencial real de vitória.

Flávio Dino e Carlos Brandão são acusados pela coligação de Roseana Sarney de aparelhamento do serviço de capelania do Estado, devido indicação de dezenas de lideranças religiosas alinhadas ao governo, sem concurso público, com suposto objetivo de angariar apoio político naquele eleição. O caso é conhecido como “Farra dos capelães”.

O governador do Maranhão e o vice também são acusados de utilizarem um programa estadual de asfaltamento de rodovias e vias urbanas para angariar apoio eleitoral no mesmo pleito.

O relator no TSE é o ministro Carlos Horbach, que já encaminhou os autos para manifestação do MPE (Ministério Público Eleitoral).

Atual 7