Mostrando postagens com marcador Paço do Lumiar. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Paço do Lumiar. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 19 de junho de 2024

Inaldo Pereira: uma gestão muito atrapalhada

Difícil situação atravessa a população de Paço do Lumiar. O prefeito interino, Inaldo Pereira (PSDB), tem protagonizado ações atrapalhadas. A coisa por lá beira o colapso, com moradores indignados, preocupação e insatisfação com a ineficiência da gestão pública. 

No começo desta semana, a prefeitura anunciou o início do recadastramento dos servidores comissionados. O procedimento deveria ser realizado até o dia 20 de junho, das 8h às 17h, no Instituto de Ensino Superior Franciscano (IESF). A nota ainda alertava que, quem não realizasse o recadastramento, teria o pagamento suspenso até a regularização da situação cadastral.

Em menos de 1 dia da tão alardeada informação, como se fosse um grande feito da administração, surge um outro comunicado, dessa vez, anunciando a suspensão de atendimento no Recursos Humanos do Centro Administrativo. Sem explicar o real motivo da suspensão, a Nota diz também que o atendimento ao público será retomado na próxima segunda-feira (26).

Como uma gestão, que veio para “reconstruir”, não consegue prestar sequer um atendimento de serviço básico? Já não basta o servidor luminense sofrer com o atual caos político e administrativo, agora vem a iminência real de não receber salário no fim do mês?

Inaldo está mal assessorado, haja vista as turbulências e as mais recentes mudanças por causa das exonerações. Sai secretário, entra secretário. Os novos auxiliares, sabe-se lá com que critérios técnicos foram nomeados, não sabem como funciona a máquina pública. O problema disso é uma descontinuidade da política pública para a população. Isso faz com que a população perca qualidade no atendimento.

Em meio a tudo isso, o prefeito vem usando a máquina descaradamente para agregar politiqueiros aliados do prefeiturável Fred Campos(PSB).

terça-feira, 18 de junho de 2024

Vereador Fernando Feitosa pode ter mandato cassado por quebra de decoro parlamentar

Mais uma triste polêmica envolvendo o prefeito interino de Paço Lumiar, Inaldo Pereira e seus aliados. Desta vez, o líder do governo, vereador Fernando Feitosa (Podemos), pode ser afastado de suas funções e perder seu mandato por quebra de decoro parlamentar. 

O caso ocorreu na manhã desta terça-feira, (18), na tribuna da Câmara de Vereadores de Paço do Lumiar, quando o parlamentar xingou verbalmente a mãe de um cidadão que acompanhava a sessão plenária. 

Em sua fala, ao proferir às ofensas, ficou evidente o descontrole e despreparo do edil para lidar com cobranças da população a cerca de seu trabalho e desenvoltura como legislador.  Feitosa parece ter esquecido que foi eleito pelo povo, sendo assim é seu dever representar a sociedade, demonstrando o mínimo respeito e cordialidade. Assista o vídeo:


O luminense se questiona se é esse tipo de parlamentar que quer ver no Poder Legislativo defendendo seus direitos. Será que um agente político com esse comportamento deve seguir trabalhando pelo povo?

Carlos Adriano Araújo registrou o ocorrido na Delegacia Especial do Maiobão. A vítima usou as redes sociais para explicar o caso, a humilhação e o desrespeitado dentro da Câmara Municipal de Paço do Lumiar.

Diante a situação, a vítima já anunciou que também entrará com representação na Câmara pedindo a cassação do edil, por quebra de decoro parlamentar. “Um vereador que não me representa, que não representa o povo. Que sobe à tribuna para falar palavras de baixo calão sobre minha mãe. Mostre respeito, você Fernando Feitosa, foi eleito pelo povo, e o povo tem o direito de lhe cobrar”, desabafou no vídeo.

sábado, 15 de junho de 2024

Inaldo Pereira e Fred Campos de ladinho em evento no Castelinho

Parece até enredo de novela mexicana, mas é apenas mais um capítulo da política em Paço do Lumiar. A cidade tem vivido dias turbulentos após o afastamento da prefeita Paula Azevedo (PCdoB). Tudo começou quando Paula, com coragem rara em tempos de alianças fáceis, decidiu não apoiar o pré-candidato a prefeito Fred Campos, mesmo diante da pressão direta do Palácio dos Leões. 

Quem não se lembra da emblemática foto de Paula, Brandão e Fred de mãos dadas? A imagem que caiu como uma bomba, além de uma verdadeira cena de terror e  show de hipocrisia, pareceu, também, um aviso mafioso: "ou você se alinha, ou sofrerá as consequências".

O preço por não ceder ao sistema veio logo: Paula virou alvo. Meses após aquele registro, com o apoio irrestrito do Ministério Público Estadual que, em tese, deveria ser o “fiscal da lei” tomando como parâmetro, entre outros princípios, à Isonomia, Paula foi afastada do cargo por um processo envolto em segredo de justiça. O que mais precisa ser dito? A manobra foi tão óbvia que dispensa explicações.


Para dar um toque especial ao teatro, o interino Inaldo Pereira, sempre opositor de Paula, assumiu o posto. Curiosamente, Inaldo, que sempre reclamou da falta de privilégios e salários exorbitantes, agora se mostra um grande amigo de Fred Campos, o queridinho do governo estadual. Na noite desta sexta-feira(14), durante a luta entre o deputado Yglesio Moisés e o empresário Alessandro Martins, no Ginásio Castelinho, em São Luís, numa dessas alianças que só a política sabe explicar, 

os dois estavam de ladinhos no ginásio Castelinho, em São Luís.

Desde que assumiu, Inaldo tem se envolvido em polêmicas dignas de um manual de como não governar: nepotismo, exonerações em massa, nomeações de parentes de autoridades envolvidas no afastamento de Paula e, claro, aliados de Fred Campos, de quem ele passa a nítida impressão de ser, apenas, um pau mandado.

Tudo isso com um objetivo bem claro: uma futura candidatura a deputado em 2026. Afinal, na política, tudo é questão de alianças e interesses, e Inaldo não iria perder a chance de garantir sua "boquinha".

Inaldo Pereira nomeia Comandante da Guarda Municipal suspeita de envolvimento na fraude de concurso em Paço do Lumiar


“Dê poder a um homem e conhecerás quem ele é”, essa frase atribuída a Nicolau Maquiavel fala uma verdade que o povo de Paço do Lumiar tem acompanhado de perto, visto que o prefeito em exercício, Inaldo Pereira (PSDB), vem fazendo exatamente o contrário de tudo que dizia antes de chegar ao poder. Depois de encher as secretarias municipais de parentes e aliados de Fred Campos, agora Inaldo nomeou Thayane Araújo para o comando da Guarda Municipal de Paço do Lumiar.

Suspeita de participar do famoso concurso fraudado que “coincidentemente” beneficiou somente amigos de Fred, e indicada pelo vereador Fernando Feitosa(Podemos), Thayane é a prova que aqueles que tanto acusaram a gestão Paula Azevedo(PCdoB) ao longo dos últimos quatro anos, na verdade, só querem sugar os recursos e parasitar o dinheiro do município. 

Feitosa é autointitulado defensor da verdade, que não tem medo de denunciar a corrupção, no entanto, até agora ele sequer questionou o prefeito em exercício pelo crime de nepotismo, por nomear a esposa Rozilane Sousa à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, o primo, Fábio Alves, como Secretário Municipal de Mobilidade Urbana, além dos dois genros, um deles Abner Velasco, para o cargo de Secretário Municipal de Planejamento e Articulação Governamental.

Com Thayane à frente da Guarda Municipal , talvez o paladino da justiça continue em silêncio, enquanto isso, quem será o próximo nome que vai figurar no Diário Oficial do Município-DOM? Até Ivana Alves, “amiga” do mentor intelectual do assalto que resultou no estupro de três jovens, entre elas, uma criança de 11 anos, Paulo Sampaio, o “Crânio”, já garantiu uma boquinha no atual governo. Inaldo e Feitosa querem levar Fred Campos ao poder e já sinalizam o desastre que pode contaminar as entranhas da prefeitura de Paço do Lumiar, afinal, o desgoverno mal começou  e a turma já se lambuza a se fartar do suado dinheiro do povo.

sexta-feira, 14 de junho de 2024

Desinformação e Desespero: A nova tática da oposição de Paula Azevedo

Em tempos onde a linha entre agente político e agente público parece ser uma grande incógnita para alguns, nos deparamos com notícias que beiram o desespero e a falta de conhecimento. É engraçado como a oposição, na sua ânsia de desinformar, acaba induzindo a erro e divulgando fake news.

Recentemente, um blog aliado se apressou em anunciar que Paula Azevedo (PCdoB), afastada por 50 dias de suas atribuições, descumpriu uma decisão judicial de não ter contato com agentes públicos e pode ter sua prisão requerida pelo Ministério Público. Isso porque a prefeita afastada teria participado de uma festa surpresa em homenagem ao vereador, Jorge Marú. Ora, será que não sabem a diferença entre agente político e agente público? Talvez a falta de conhecimento cognitivo explique esses equívocos.

Para esclarecer, um agente político, como Paula Azevedo, é um representante eleito pelo povo, como prefeitos, vereadores e deputados, cujas ações são orientadas pela legislação política e são responsáveis por formular e implementar políticas públicas. Já um agente público é um servidor concursado que atua na administração pública, executando tarefas técnicas e administrativas, e cujas ações são regidas pelo regime jurídico único dos servidores públicos.

Essa distinção básica parece ter escapado à compreensão da oposição, resultando em uma notícia que é mais um exemplo clássico de desespero do que de jornalismo. Talvez só seja mais um caso prático de desespero diante da liminar divulgada na última quinta-feira (13) que "derrubou" o afastamento de 180 de Azevedo do cargo em que foi eleita pelo povo.

Além da diferenciação, a defesa da prefeita, atenta em deixar "tudo as claras" comunicou a autoridade judiciária que por se tratar de um evento social, Paula Azevedo iria participar da comemoração do aniversário do presidente da Câmara, que não deixou de ser um aliado político.

"Assim, esclarece-se que as medidas ora impostas não dizem respeito ao pleno exercício dos seus direitos políticos que, por sua vez, somente poderiam ser alcançados nas hipóteses previstas no art. 15, da Constituição Federal. [...] Para além disso, o referido ato decisório tampouco a proíbe de manter relação/contato com agentes políticos que não sejam investigados nesses autos, sobretudo quando se tratar de interesse partidário, para fortalecimento de aliança eleitoral, como o caso da reunião em comento.", comunicou a defesa de Azevedo.

Então, antes de espalhar informações incorretas, seria prudente que a oposição se dedicasse a entender melhor o funcionamento do sistema político e jurídico, e não se deixasse levar pelo desespero. Afinal, conhecimento nunca é demais, especialmente quando a intenção é informar corretamente a população.

quinta-feira, 13 de junho de 2024

Massa de Bolo: Quanto mais apanha, Jorge Marú só cresce em Paço do Lumiar

O vereador Jorge Marú (SD), presidente da Câmara Municipal de Paço do Lumiar, só aumenta sua popularidade na cidade e nas redes sociais. Conhecido por sua determinação e resiliência, Marú tem se destacado como pré-candidato a prefeito do município, ganhando apoio massivo da população.

Nesta quinta-feira (13), no dia de seu aniversário, o parlamentar viu um aumento significativo em sua base de seguidores nas redes sociais, com mais de 300 novas pessoas acompanhando suas atividades online. Esse crescimento reflete a aprovação de suas ações e o reconhecimento do trabalho que tem realizado em benefício de Paço do Lumiar.



Marú, junto com a prefeita Paula Azevedo, são iguais a massa de bolo: quanto mais apanha, mais cresce. Essa dupla tem enfrentado desafios, mas ao invés de se abalarem, eles têm usado esses momentos para fortalecer ainda mais sua posição e seu compromisso com a comunidade luminense.

O impacto positivo de Jorge Marú e Paula Azevedo é evidente. A população luminense está claramente ao lado desta dupla, reconhecendo o esforço e a dedicação que ambos têm demonstrado em suas funções.

A ascensão de Marú nas redes sociais é um indicativo de seu crescente apoio popular, demonstrando que sua mensagem está ressoando com os cidadãos. A cada novo seguidor, ele solidifica sua posição como uma figura central na política luminense.

Desembargadora suspende afastamento de Paula Azevedo


Na manhã desta quinta-feira(13), a desembargadora do Tribunal de Justiça – Marcia Cristina Chaves deferiu, liminarmente, o Agravo de Instrumento ajuizado por Paula Azevedo contra decisão proferida pelo juiz Gilmar de Jesus Ewerton Vale da 1ª Vara de Paço do Lumiar, na Ação de Improbidade Administrativa que a afastou do cargo por 180 dias.

A magistrada assim se posicionou: “Ademais, falta contemporaneidade ao afastamento da gestora pública, dado que referido instrumento coercitivo fora aplicado somente no ano de 2024 que, inclusive, abarca disputas de eleições municipais. Sob a mesma seara, vislumbro o periculum in mora. De fato, o longo período estabelecido na decisão impugnada de 180 dias representa uma forma reflexa de cassação branca de mandato, em função do prazo estabelecido se encerrar no final da gestão municipal”, aduz o entendimento da desembargadora, alicerçado em inúmeros julgados, inclusive do STF.

Com muita serenidade, ao tomar ciência do feito, Paula Azevedo ratificou a confiança na justiça de Deus e dos homens. “Apesar de toda turbulência que estamos vivenciando, nunca perdi a fé em Deus e nem confiança na Justiça, portanto recebo com muita tranquilidade essa decisão. A mentira jamais irá se sobrepor a verdade”, disse a prefeita.





Embora já esteja em grau de recurso, oportuno informar que Paula Azevedo permanece afastada pelo prazo de 50 dias do comando de Paço do Lumiar, por deliberação da também desembargadora Maria da Graça Amorim, exarada no ultimo dia 29.

““Acreditávamos na reversão da decisão; ela estava abertamente em desconformidade com a posição do Supremo Tribunal Federal, o que poderia ser feito até mesmo por intermédio de Reclamação, mas o Tribunal de Justiça do Maranhão nem examinou o tema. Essa decisão serve de alento e nos oferece segurança para acreditar firmemente no retorno definitivo da Prefeita”, asseverou o ex-juiz federal Carlos Madeira, sócio do Madeira, Aires, Mendes e Paiva Advogados Associados, que representa Paula Azevedo.

domingo, 9 de junho de 2024

Pode Isso, MPE? Fred Campos pede voto explicitamente em culto no Alto da Vitória

“Assim, não profanem as coisas santas dos filhos de Israel, que oferecem ao SENHOR”. (Levítico 22:15)

A lei é para todos, mas nem sempre funciona para todos, em Paço do Lumiar, o pré-candidato a prefeito Fred Campos(PSB) não respeita nem a fé das pessoas e aproveitou para pedir votos durante um culto, com pouquíssimos pessoas, como sempre, que deveria ser de pré-campanha no Alto da Vitória, na noite deste sábado(08). De acordo com o Artigo 36 da Lei nº 9.504/97, as reuniões políticas são lícitas, mas a propaganda eleitoral só é permitida a partir de 15 de Agosto do ano das eleições. Qualquer pedido de voto, recursos, ou apresentação explícita de projeto governamental com intenção eleitoreira caracteriza crime.

Enquanto o ministério público, juízes e desembargadores fazem ferrenha perseguição aos opositores, Fred, que se diz cristão, comete crimes até no altar e contraria a fé que julga defender. Durante sua fala para os moradores do Alto da Vitória, afirmou: “Eu escolhi três bairros e nós iremos pavimentar completamente com bloquetes. Nosso compromisso de gestão é para que a gente GANHE A ELEIÇÃO juntos. Eu quero contar com vocês, para fazer parceria com as igrejas…”. A fala seria até bonita, se não fosse além de um blefe, uma conduta ilegal, o “gestor” não eleito ainda usou o púlpito para ofender a prefeita Paula Azevedo(PCdoB): “A descrença na política fez com que “A PIOR” ou o pior de tudo acontecesse e ganhasse as eleições. Paço do Lumiar está completamente largada, vivemos o pior momento da nossa história”, falou o empresário.

Mais uma vez, lançamos a mesma pergunta de sempre. Será que agora o Ministério Público e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) agirão pelo menos com um pouco de rigor diante das arbitrariedades de Fred Campos?

Campos afronta a justiça e transforma o púlpito em palanque. Se de fato ele conhece sua confissão de fé e respeita a lei, por que comete ilegalidades até no altar de culto? Portanto, fica ao irmão uma reflexão do próprio Jesus Cristo: “Uma árvore boa não dá frutos ruins e nem nascem uvas no meio dos espinhos” (Mt. 7:16-17)

sábado, 8 de junho de 2024

Prefeito interino Inaldo Pereira tem pedidos de afastamento protocolados na Câmara e MP em Paço do Lumiar


Um pedido de afastamento foi protocolado na Câmara Municipal e na Promotoria de Justiça da Comarca de Paço do Lumiar contra o prefeito interino Inaldo Pereira (PSDB), pela prática de nepotismo.

Apenas cinco dias após assumir o cargo, Inaldo Pereira demitiu todos os secretários municipais e nomeou familiares para cargos-chave, cometendo nepotismo e improbidade administrativa.

Entre os nomeados, está Rozilane Sousa Pereira, esposa do prefeito interino, que foi designada como Secretária Municipal de Desenvolvimento Social e responsável pelo Fundo Municipal de Assistência Social. Outro nome é o de Abner Barroco Vellasco Austin, genro de Inaldo, que agora ocupa o cargo de Secretário Municipal de Planejamento e Articulação Governamental, apesar de ter uma ação civil pública em trâmite contra ele por nomeação anterior.

Além deles, Luiz Gustavo Cunha Sousa, também genro do prefeito, foi nomeado Secretário Municipal de Indústria, Comércio e Turismo, e Fábio Fernandes Silva Sales, primo de Inaldo, assumiu a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana. Essas nomeações levantam questionamentos sobre a qualificação e a experiência dos indicados, além de evidenciar uma possível tentativa de beneficiar parentes em detrimento do interesse público.

As denúncias foram protocoladas pelo pré candidato a vereador - Marcos Serra (PL), à Promotoria de Justiça da Comarca de Paço do Lumiar e a Câmara Municipal de Vereadores, pedindo a instauração do processo de afastamento do prefeito interino. 

A situação no município é preocupante. A prática de nepotismo,  não só viola a moralidade e a impessoalidade exigidas pela administração pública, mas também despreza a competência e a eficiência que o serviço público deve garantir. A denúncia argumenta que as nomeações refletem um desrespeito aos princípios constitucionais e um claro desvio de finalidade na gestão municipal.

Para a população de Paço do Lumiar, a sensação é de desilusão e revolta. A cidade, que já enfrenta inúmeros desafios, agora se vê diante de uma administração que parece priorizar interesses familiares sobre o bem-estar coletivo. 

Cabe a Promotoria e a Câmara Municipal atuarem com rigor para investigar essas denúncias e tomar as medidas necessárias para garantir que a administração pública seja conduzida com transparência.

quarta-feira, 5 de junho de 2024

Nomeações dos secretários de Inaldo Pereira reforçam tese do golpe de Fred Campos contra Paula Azevedo

Inaldo Pereira declarando apoio a Fred Campos
Eles não escondem mais nada, o jogo está armado para Fred Campos(PSB) governar Paço do Lumiar “em off” enquanto Inaldo Pereira(PSDB) e família, fingem que mandam no Poder Executivo Municipal. Entre os novos secretários nomeados na última segunda-feira(03), alguns em especial chamam a atenção: Ronald Abreu Moraes, novo Secretário Municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais, assessor do vereador Fernando Feitosa, é mais um tentáculo do empresário na gestão luminense.

Ronald Abreu e Fred Campos 

Nomeação de Ronald Abreu 





Presente há tempos nos palanques de Fred, agora ele tem nas mãos todas as ferramentas necessárias para favorecer a empresa de Campos, a famigerada Qualitech, que sempre operou às margens da lei e agrediu os recursos naturais do município. Tendo do seu lado a pasta responsável pela liberação de licenças e alvarás para empreendimentos e construções, quem vai fiscalizar as obras da empresa faraônica que já deu golpe até no fisco municipal para não pagar impostos?

Caetano Jorge e Fred Campos

Nomeação de Caetano Jorge

Outro braço de Fred dentro da gestão de Inaldo Pereira é Caetano Martins Jorge, novo Secretário Municipal de Infraestrutura e Urbanismo, também ligado a Gilberto Aroso e família, carne e unha com Zé do Posto. Se a princípio, o nepotismo nas secretarias já expunham um problema grave do breve governo de Inaldo Pereira, a influência de Fred Campos é um risco claro à lisura democrática das eleições que se aproximam. Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos.

domingo, 2 de junho de 2024

De Paris para o Maiobão: Flávio, irmão de Fred Campos repete troca de alianças em casamento comunitário

Em um movimento para tentar se aproximar do povo, em razão da rejeição estratosférica, Fred Campos fez com que o irmão, Flávio, conhecido por celebrações luxuosas em Paris e Las Vegas, nesta sexta-feira (31), participasse de um casamento comunitário no Maiobão.

Em março, além das extravagâncias de Las Vegas, o caçula do clã já havia trocado alianças sob as luzes da Torre Eiffel. Tudo isso, supõe-se, em uma tentativa descarada de Fred Campos de se passar por um "homem do povo".

Mas vamos ser sinceros: quem ele pensa que está enganando? O rico tentando se disfarçar de pobre é um truque velho, e neste caso, só serve para mostrar o quão desconectado está da realidade dos luminenses. 

É uma piada pensar que alguém que vive em um mundo de glamour e luxo pode realmente entender e representar as necessidades das pessoas comuns.

E o pior de tudo? Ao fazer seu irmão participar da solenidade, Campos tirou a oportunidade de uma família local celebrar tal momento. Cada vaga em um casamento comunitário é preciosa para aqueles que realmente precisam, e essa manobra só mostra o quão pouco Fred Campos se importa com o bem-estar da comunidade que ele alega querer servir.

No fim das contas, essa tentativa de ganhar popularidade é apenas mais uma prova do quanto Zé do Posto subestima a inteligência dos luminenses. 

Ao vê-lo ao lado da parentela  tentando se misturar com o povo, lembrem-se: nem todo mundo que se veste como um de nós realmente é.

sexta-feira, 31 de maio de 2024

Fred Campos repete fórmula do fracasso que pode dar vitória a Jorge Marú

"A soberba precede a ruína e a altivez, a queda. Melhor é ser humilde de espírito com os mansos que repartir os despojos” (Provérbios 16:18-19)

Salomão foi sem dúvida o homem mais rico e poderoso descrito no antigo testamento. No livro de provérbios, ele fala sobre os perigos da soberba que cega o entendimento e derruba os poderosos. Quase três mil anos se passaram e essa sabedoria permanece atual, em Paço do Lumiar, uma história que exemplifica essa reflexão parece voltar a se repetir. 

Em 2020, Paula Azevedo(PCdoB) era candidata à reeleição contra o empresário Fred Campos(PSB) e logo na pré-campanha, a agricultora testemunhava aliados deixando seu grupo e o adversário se fortalecendo. O final da história parecia claro para os oportunistas e aos menos atentos. 

Com muito dinheiro, o empresário criava sua bolha imaginária, fazia muito barulho e prometia mundos e fundos para seduzir adversários, no entanto, a soberba e a superficialidade de Fred Campos contribuíram para o seu fracasso fragoroso diante da simplicidade e projeto político conciliador de Paula Azevedo, eleita com 25.045 votos válidos.

Em 2024, quem recebe a confiança da prefeita para sua sucessão é o presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Jorge Marú(SD), e o contexto da disputa é o mesmo. Adversários batem no peito e pressionam lideranças a deixar o apoio ao vereador para seguir Campos. 

Mesmo assim, a estratégia desgastada do empresário já começa a acender o barril de pólvora que detonou os seus planos a quatro anos atrás. Com a ajuda de forasteiros ele tenta desarticular as bases partidárias municipais, arrasta lideranças mas sofre com a rejeição popular, fato nitidamente percebido durante a inauguração da Praça de Alimentação do Maiobão, em abril, quando Fred foi vaiado por populares na presença do governador Carlos Brandão, provando que há uma grande diferença entre a realidade e a fantasia que o empresário tenta criar em suas redes sociais. 

Enquanto Fred quer demonstrar a familiaridade que não tem com os costumes do povo simples, Jorge Marú é reconhecido não apenas pelo trabalho no parlamento, como também por sua vivência e valorização da cultura popular, um contraponto que se mostra ainda mais gritante quando o assunto são projetos de governo. 

Campos acredita que sua mega construtora e os contratos milionários com o estado são suficientes para resolver os problemas do município, como se a solução destes se resumisse a asfalto e bloquetes. Jorge Marú, por sua vez, enxerga Paço do Lumiar como uma cidade de potencial turístico e também acredita no fomento à indústria, sem deixar de lado a valorização da agricultura familiar. 

Gradativamente a população vai conhecendo seus pré-candidatos e mais uma vez, o abismo entre a humildade e a soberba deve ser o fiel dessa balança, que assombra o empresário e talvez por isso, ele tenta demonstrar proximidade com uma realidade que nunca viveu, para tentar convencer um povo que de fato ele não conhece e por isso, sua soberba mais uma vez pode ser a causa da sua ruína.

quinta-feira, 30 de maio de 2024

Paula Azevedo se pronuncia sobre afastamento do cargo

A prefeita de Paço do Lumiar, Paula Azevedo (PCdoB), pronunciou-se nesta quinta-feira (30), sobre o seu afastamento temporário do cargo, decretado pelo Tribunal de Justiça do Maranhão. Nas redes sociais, em uma mensagem direcionada aos moradores da cidade, Paula Azevedo expressou sua serenidade diante da situação e reafirmou seu compromisso com a justiça e a transparência.

"Como mulher, sempre travei minhas batalhas de cabeça erguida. Obedeci às leis em tudo que fiz na minha vida. Encaro essa situação com serenidade e humildade, acredito na justiça e confio que tudo será esclarecido da melhor forma possível. Vamos passar por esse momento apresentando nossa defesa, colaborando e estando sempre à disposição das autoridades competentes", disse.

Eleita pela vontade popular, Azevedo reforçou sua determinação em continuar fiel às suas obrigações e aos munícipes. "Cheguei aqui pela vontade dos Luminenses, e logo espero continuar as minhas obrigações com todos aqueles que me conduziram ao Executivo. Minha dedicação e compromisso com Paço do Lumiar permanecem inabaláveis. Estou determinada a seguir trabalhando para que nossa cidade continue avançando e prosperando. Este é o momento de união e força. Juntos, superaremos qualquer obstáculo e continuaremos a construir um Paço do Lumiar melhor para todos. Muito obrigado pelo apoio e pela confiança de sempre, finalizou. 

O afastamento temporário da prefeita Paula Azevedo foi decretado pela desembargadora Graça Amorim, do Tribunal de Justiça do Maranhão.

Veja o pronunciamento:

terça-feira, 28 de maio de 2024

Caloteiro: Fred Campos muda endereço de construtora para não pagar impostos em Paço do Lumiar

Além de já ter sido notificada, autuada e multada por falta de alvará de construção, licença ambiental e tantas outras infrações desde que se instalou na região do Joelho de Porco, em Paço do Lumiar, a construtora Qualitech Engenharia Ltda. do empresário e pré-candidato a prefeito da Terra do Lume,  Fred Campos(PSB) agora quer dar o calote no município. De acordo com os dados de Situação Cadastral a empresa agora tem registro em São José de Ribamar e encontra-se na Avenida Mascarenhas de Moraes, Vila Sarney Filho II, anexo ao posto Julia Campos, também de propriedade de Fred. 

O empresário que diz amar as terras luminenses quer dar o golpe no fisco para continuar cometendo suas irregularidades, que não são poucas. Em março deste ano, só a pintura das arquibancadas do Centro de Ensino Erasmo Dias, no Maiobão, contratada pelo governo do estado e executada pela Qualitech custou R$ 429.707,79 aos cofres públicos (Contrato 011/2022; Ordem de Serviço 123/2022), fora isso, com sua empresa, Fred Campos já desafiou fiscais do município na Rua do Mojó, Iguaíba, durante fiscalização para regularização da obra que não possuía Alvará de Construção. 

Em maio de 2022, a construtora chegou a ser paralisada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais-SEMAP por crimes contra o meio ambiente. Sem amor ao povo e às riquezas naturais da terra, como alguém assim quer ser prefeito? 

Será que o governador Carlos Brandão(PSB) vai continuar associando sua imagem e firmando contratos e licitações com uma empresa tão suja na Praça? Em 2026 também tem eleições e o povo não se esquece de nada!

sábado, 25 de maio de 2024

Yanne Pessoa celebra o Dia das Mães com grande festa em Paço do Lumiar

As mães de Paço do Lumiar comemoraram com alegria a Festa das Mães realizada neste sábado (25), na sede do Boi da Pindoba. O evento, que contou com o apoio da ex-secretária de Educação e pré-candidata a vereadora, Yanne Pessoa (PMB), foi prestigiado pela prefeita Paula Azevedo (PCdoB), e sucesso na participação de público e organização.

A festa ofereceu uma programação variada, incluindo uma apresentação artística de Lukas Candeira, serviços de saúde e estética, além de sorteios de dezenas de brindes. As mães presentes puderam desfrutar de momentos de descontração e celebração em um ambiente acolhedor.

Yanne Pessoa ao lado da prefeita Paula Azevedo

"A ideia para essa ação surgiu do meu desejo de proporcionar às mães guerreiras um momento especial de lazer e reconhecimento. Só quem é mãe sabe o verdadeiro valor da maternidade, e eu não poderia deixar essa data passar em branco. Reunimos centenas de mães e comemoramos juntas esse dia tão especial", declarou Yanne Pessoa.

O evento foi amplamente aprovado pela comunidade local. "Foi muito divertido, bem organizado e todas se sentiram valorizadas. Eu me senti acolhida e honrada com toda essa festa. A Yanne está de parabéns!", afirmou Sebastiana Carvalho.


A Festa das Mães não só proporcionou momentos de alegria e confraternização, mas também reforçou o compromisso de Yanne Pessoa com a comunidade, evidenciando sua dedicação e carinho para com as mães luminenses.

segunda-feira, 13 de maio de 2024

Política: O duelo entre Paula Azevedo e Fred Campos, uma luta entre a humildade e a arrogância


A soberba do homem o abaterá, mas a honra, sustentará o humilde de espírito”. (Provérbios 29:23)

De origem simples, mulher negra, agricultora, e mãe de família, essa é prefeita de Paço do Lumiar, Paula Azevedo (PCdoB), ou Paula da Pindoba, como gosta de ser chamada a gestora municipal que vem contrariando a vontade dos coronéis que a menosprezam. Eleita como vice, chegou ao poder no mesmo mandato, após o afastamento de Domingos Dutra por questões de saúde.

Ela conquistou a reeleição e por conta dos avanços vem gravando seu nome na história política do município. No seu último ano de gestão, além do trabalho, Paula Azevedo vem servindo de exemplo não só para as mulheres lumineneses, mas de todo o estado, provando que agregado à competência, a simplicidade pode ser uma poderosa ferramenta contra a prepotência, como alerta o antigo provérbio bíblico.

Abraçada por onde passa, como aconteceu no sábado (11), quando esteve prestigiando as comemorações do aniversário da professora doutora Mary Ferreira, a prefeita defende seus valores. Nessa coerência, escolheu apoiar o pré-candidato a prefeito e presidente da Câmara, Jorge Marú (SD) por seu histórico nas comunidades e bairros de Paço do Lumiar.

Do outro lado, os adversários investem não apenas na política da ofensa, mas também do desprezo, a exemplo de Fred Campos (PSB), apoiado pelo governador Carlos Brandão (PSB). Ambos, de forma infrutífera, tentam a qualquer custo apagar a imagem da gestora durante seu próprio mandato.

Sem nunca ter conseguido digerir o sonoro “não” advindo das urnas, Fred tenta agir como se fosse prefeito e o governador parece ter esquecido o apoio que recebeu de Paula durante a campanha que o elegeu em 2022. Coincidência ou não, Campos e Brandão sofrem com a crescente rejeição popular no sétimo maior colégio eleitoral.

RACISMO ESTRUTURAL:

Assim é o racismo estrutural, que insisti em não reconhecer o lugar de fala de alguém por sua cor, gênero ou situação social, porém o povo acordou e talvez por isso, Fred discursou para cadeiras vazias no Alto Laranjal na última semana, um contraste evidente entre a mulher que é honrada por sua simplicidade e o homem que em mais uma eleição, pode ser abatido pelo próprio orgulho.

O antigo provérbio bíblico sobre o contraste entre a presunção e a humildade não só expressa uma realidade como também pode prever um desfecho anteriormente vivido por Zé do Posto. Convicta na decisão tomada, digo, o apoio a Jorge Marú, Paula Azevedo não se rende e mostra que mesmo diante das perseguições, a resiliência e serenidade da mulher mais uma vez pode derrubar a petulância de quem não consegue interferir em suas escolhas nem decidir os rumos do seu governo.

sábado, 11 de maio de 2024

Presidente do PMB Maranhão, Efigênia Tavares confirma apoio do Diretório Estadual a Jorge Marú

Yanne Pessoa e Efigênia Tavares



Lutadora de carreira e militante assídua pela participação da mulher na política, a presidente estadual do Partido da Mulher Brasileir a(PMB), Efigênia Tavares participou na manhã deste sábado(11), de entrevista ao apresentador Thiago Aroso e Nilson Júnior, do programa “Conversa Franca”, ao vivo pela “Rádio Web Interativa”, no Maiobão. De início, Efigênia falou sobre a força do PMB, que possui nominatas em mais de 60 municípios no estado, com candidaturas majoritárias nas cidades de Imperatriz, São Mateus, Açailândia e outras localidades.

Em Paço do Lumiar, o partido é liderado pela ex-secretária municipal de educação, pré-candidata a vereadora, Yanne Pessoa. O PMB, legenda que defende as mulheres, apoia a pré-candidatura de Jorge Marú, bem diferente de Fred Campos, adversário que tem no seu grupo, pessoas como Paulo Sampaio, condenado por planejar um assalto em que seus comparsas renderam uma família e estupraram três mulheres, incluindo uma criança de apenas 11 anos no Jardim Eldourado, em São Luís.

A presidente também falou sobre a relação do partido com o governador Carlos Brandão (PSB): “Nós trabalhamos de forma independente, neutra em relação ao governador, não percebemos tanto interesse dele em caminharmos juntos, mas também não somos adversários”, explicou.

Em relação a Paço do Lumiar, Efigênia falou que o partido acredita na eleição de pelo menos três nomes ao parlamento e elogiou a coragem da prefeita Paula Azevedo(PCdoB), uma mulher negra, agricultora, que não se intimida diante das pressões de adversários e ofensas pessoais. Ela também falou sobre o apoio da direção estadual ao projeto municipal do pré-candidato a prefeito, Jorge Marú (Solidariedade).

“Nós gostamos muito do projeto do Jorge no Município, estamos caminhando com ele e vamos contribuir para que ele saia vencedor em Paço do Lumiar. Essa liberdade que existe dentro do grupo é fundamental, não existe chantagem, nem pressão para que ninguém apoie ou deixe de apoiá-lo”, comentou.

A presidente do PMB também comentou sobre a política da oposição na cidade: “Estamos lutando contra esse leilão que se instala por meio dos poderosos, que saem coletando todas as lideranças partidárias e desmontando as chapas, a política precisa ser de debate e não de barganha. Ao meu ver, esse é mais um motivo para as mulheres se unirem e lutar contra esse sistema que prejudica a democracia”, finalizou.

quarta-feira, 8 de maio de 2024

Sem visão política clara, Fred Campos fica cada vez mais confuso na escolha de vice

“Marmelada de banana, bananada de goiaba, goiabada de marmelo”, assim diz o trecho da famosa composição musical “Sítio do Picapau Amarelo”, de Gilberto Gil em homenagem a série que traduz para a televisão brasileira, as clássicas obras de Monteiro Lobato. A canção também serve como uma boa analogia para a confusa composição política de um certo pré-candidato a prefeito de Paço do Lumiar.

Morador do Sítio Grande, na região do Maiobão, Fred Campos(PSB), vulgo “Zé do Posto”, faz uma verdadeira salada política tentando sustentar um grupo dividido, que mistura bolsonaristas e petistas, líderes sem reconhecimento dos seus liderados e brandonistas cada vez mais antipatizados, surfando no legado deixado por Flávio Dino. 

Quando o assunto são os pretendentes a vice, Fred demonstra não saber onde quer chegar, nem qual visão política abraça. Assim como o Sítio do Picapau Amarelo, que vez ou outra recebia personagens exóticos que apareciam apenas em breves participações na trama, assim acontece nas bandas do Sítio Grande.

"Zé do Posto" entre a esposa (E) do deputado Pará Figueiredo (D)

Em 2023, havia forte cogitação de que o deputado estadual Pará Figueiredo(PL), o “Parazinho” , aceitaria o desafio ou indicaria sua esposa ao projeto de Campos. A vereadora Ana Lúcia(PSD), também já foi ventilada e o empresário Tiago do IESF, vice de Campos no último pleito municipal foram cogitados mas não deram em nada até agora. 

"Zé do Posto" iludiu Ana Lucia

"Zé do Posto" também gerou expectativa a Tiago do Iesf 

Desta vez, parece que Fred tenta emplacar a sobrinha do governador, Mariana Brandão, que há pouquíssimo tempo pousou de pára-quedas pela primeira vez no Maiobão.

"Zé do Posto" e a "escolhida"

Se essa for a aposta, Fred precisará encarar a dura realidade da degradação do prestígio do governador que traiu aliados na Assembleia Legislativa, com a eleição da atual presidente da Casa, Iracema Vale(PSB), com os desmandos fracassados para empossar Daniel Brandão no Conselho do TCE e a birra com prefeitos na execução de obras em municípios, enquanto rodovias estaduais enfrentam condições precárias e pacientes com câncer morrem nos hospitais do estado.

Enquanto Fred apresenta um mundo de fantasias, recheado de personagens que nada têm haver com Paço do Lumiar, a realidade exige líderes que não só conheçam o município, mas que também apresentem soluções e não mera propaganda.

terça-feira, 7 de maio de 2024

"Não devo mais à justiça. Nunca neguei meu passado, mas não fiz nada na intensidade que vocês estão falando”, admite Paulo Sampaio


Visivelmente atordoado com a informação que chocou os cidadãos luminenses de que foi condenado como “mentor intelectual” de um assalto ocorrido à uma mansão no Jardim Eldourado, onde três jovens foram estupradas, entre elas uma menor de 11 anos, o “quase pastor” Paulo Sérgio Sampaio Mendes, popularmente conhecido como “Paulo Crânio” não foi bem orientado e reagiu de maneira equivocada a verdade revelada.

O ataque, “irmão”,  nem sempre é a melhor estratégia de defesa. Diante de situações indefensáveis, como é o caso, o silêncio é oportuno  e deve ser adotado por pessoas inteligentes.

EMENDA PIOR QUE O SONETO:

Muito embora não tenha nenhuma importância ou representatividade, figurando, apenas, como um simples aliado dos irmãos  Alderico e Fred Campos, este último pré-candidato a prefeito em Paço do Lumiar, no vídeo gravado em frente à delegacia do Maiobão, onde esteve para registrar Boletim de Ocorrência por entender estar sendo vítima de uma campanha difamatória, a emenda saiu pior que o soneto.

Além da disputa política, Sampaio admitiu a verdade que até então tentava esconder. Em um trecho, que iremos divulgar abaixo, ele diz: “não devo mais à justiça. Nunca neguei meu passado, mas não fiz nada na intensidade que vocês estão falando”, em outras palavras, “Crânio” admitiu o ato criminoso, questionando, somente, a intensidade do mesmo.


ENTENDA O CASO:

No próximo dia 28, irá completar exatos 23 anos de um dos mais horrendos assaltos registrados em São Luís. Naquela fatídica noite, oito homens, dos quais cinco fortemente armados invadiram uma mansão de um abastado empresário do ramo varejista fazendo vários reféns, enquanto os outros três arquitetaram e ofertaram apoio material à ação criminosa.


Entre as vítimas, uma emprega doméstica e duas filhas dos donos da casa. A menor, de apenas 11 anos, conforme narrou em depoimento perante o Ministério Público e publicado abaixo, assim como a serviçal, foram estupradas por três dos cinco bandidos presentes, já a adolescente satisfez a lascívia de dois dos algozes, um deles, inclusive, na época, suspeito de portar vírus HIV.  

Em seguida, o casal de proprietários chegou e foi rendido. Para aumentar a tortura psicológica, álcool fora jogado no marido para assegurar a entrega da maior quantidade de dinheiro, enquanto a esposa foi levada para outro cômodo a fim de que fosse abusada sexualmente, só não acontecendo porque estava menstruada. Na oportunidade, o coito anal na modalidade tentada acabou sendo configurado contra a matriarca da família.


Passada oito horas e meia de terror, depois de terem sido obrigadas a cozinhar,  enquanto os acusados bebiam e comiam à beira da piscina, o grupo foi embora levando joias, R$60 mil reais e dois veículos, que foram recuperados no bairro da Aurora.

INFORMAÇÃO RATIFICADA:

Todo esse relato consta no processo de nº 0011547-18.2001.8.10.0141 com mais de 1.500 páginas e que é de domínio público. Nos autos, também, foi feito o detalhamento da conduta delituosa de cada partícipe, entre eles, a de Paulo Sampaio, a quem foi atribuída a mentoria intelectual da barbárie, razão pela qual o mesmo fora condenado há pouco mais de nove anos de prisão em regime fechado.

Independente da autoria, a matéria apenas publicizou detalhes de um crime investigado nas esferas policial e judicial, cujo material probatório foi de inteira responsabilidade dos agentes públicos que atuaram no caso. Já a imprensa, por previsão legal, cumpriu com o seu papel primordial, digo, informar dentro dos limites e parâmetros legais.

DIREITO AO ESQUECIMENTO:

Os Tribunais Superiores entendem que o “DIREITO AO ESQUECIMENTO” é algo incompatível com o ordenamento jurídico brasileiro – não podendo, em hipótese alguma, servir de justificativa para barrar, impor ou impedir a elaboração, publicação e exclusão de matéria jornalística de site.

O material, ateve-se a divulgar as informações com os devidos documentos, dando conta, inclusive, do cumprimento na sua totalidade da punição imposta a Paulo Sampaio, portanto, não há o que se porque falar em denegrir imagem ou caluniar, podendo a veracidade ser comprovada em uma simples consulta através do número do processo acima disponibilizado

Muito bom seria se pudéssemos escrever a  nossa história de vida em uma folha de papel e quando conveniente, utilizássemos uma borracha ou corretivo iniciando nova redação. Não, caro amigo, não é assim que as coisas funcionam. Os nossos atos e comportamentos, positivos e negativos, irão nos acompanhar além da vida terrena.

A situação, diferente do que pensas, não teve o propósito de difamar sua imagem, pelo contrário, apenas buscou evidenciar que seu discurso é um engodo, mentiroso e oportunista, já que não tens condições ético-moral de tecer crítica contra quem quer que seja.

Mesmo não devendo à justiça, como de fato e muito bem dizes, o seu passado jamais poderá ser esquecido ou apagado, pois denota a sua essência. Assim sendo, vamos concluir fazendo um desafio. Você seria capaz de gravar um vídeo respondendo aos luminenses a seguinte indagação: O Paulo Sampaio que gravou ontem em frente à delegacia é o mesmo Paulo Sampaio condenado no processo pelo assalto  a mansão no Jardim Eldourado em 28 de maio de 2001. Sim ou Não? Essa é a pergunta que insiste não calar.